Prefeitura de São Paulo quer criar camping para moradores de rua

A ideia é destinar um terreno onde os sem-teto possam ter acesso a uma estrutura com banheiros e chuveiros
-Publicidade-
Moradores ocupam as calçadas na Alameda Ministro Rocha Azevedo, próximo à Avenida Paulista
Moradores ocupam as calçadas na Alameda Ministro Rocha Azevedo, próximo à Avenida Paulista | Foto: Márcio Komura/Revista Oeste

A prefeitura de São Paulo planeja criar um camping para abrigar moradores de rua. Isso porque, durante a pandemia de coronavírus, houve um aumento de 30% no número de pessoas sem-teto na capital paulista, que tem 12 milhões de habitantes. Desses, 31 mil não têm casa para morar.

De acordo com a secretária de Direitos Humanos e Cidadania, a ex-vereadora Soninha Francine, a ideia é destinar um terreno onde os moradores de rua possam montar suas barracas e ter acesso a uma estrutura com banheiros, chuveiros e tanques para lavar as roupas.

-Publicidade-

Estatísticas oficias mostram uma situação dramática na cidade mais rica do país: segundo a prefeitura, havia cidadãos vivendo em barracas e barracos de madeira em quase 6,8 mil áreas diferentes no ano passado, em comparação com apenas cerca de 2 mil nos dois anos anteriores.

A Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania também pretende construir casas de até 18 metros quadrados, para abrigar os moradores de rua. A iniciativa foi anunciada pelo secretário municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, Carlos Bezerra.

O projeto de Soninha deve ser implantado até o fim deste ano.

Crise generalizada

O Brasil não é o único país latino-americano que enfrenta as consequências sociais da pandemia, que mergulhou milhões de cidadãos na pobreza extrema. O número de pessoas que vivem em situação de extrema pobreza na América Latina e no Caribe subiu de 81 milhões para 86 milhões entre 2020 e 2021, segundo a Organização das Nações Unidas (ONU).

Leia mais: “São Paulo clama por socorro”, reportagem de Paula Leal publicada na Edição 107 da Revista Oeste

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.