Profissionais da saúde de SP receberão dose de reforço a partir do dia 4

Público-alvo beneficiado deve ter tomado a segunda dose há pelo menos seis meses
-Publicidade-
O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), em entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes
O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), em entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes | Foto: Reprodução/YouTube

Em entrevista coletiva nesta quarta-feira, 29, no Palácio dos Bandeirantes, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou que os profissionais de saúde do Estado começarão a receber a dose de reforço da vacina contra a covid-19 a partir da próxima segunda-feira, dia 4 de outubro.

Serão vacinados médicos, enfermeiros e os demais trabalhadores que atuam na área. De acordo com Doria, será atendido 1 milhão de profissionais.

-Publicidade-

Leia mais: “AstraZeneca está em falta em mais de 80% dos postos de vacinação em São Paulo”

Para receber a dose de reforço contra a covid-19, o profissional da saúde deve ter completado o ciclo vacinal. A segunda dose deve ter sido aplicada há pelo menos seis meses.

Leia também: “Cidade de São Paulo começa a aplicar dose de reforço em idosos acima de 70 anos”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.