Projetos de Lei? Melhor ser indígena, transexual, vegano ou permacultor

Uma pequena amostra dos candidatos mais celebrados pela esquerda que venceram a eleição
-Publicidade-

Foi-se o tempo em que projetos de Lei ligados à Educação, Saúde ou Segurança eram o que garantia votos aos candidatos a vereador ou prefeito no Brasil. Aliás, foi-se o tempo, inclusive, de qualquer “projeto de lei”. Uma pequena amostra dos políticos mais celebrados pela esquerda prova que, mais do que qualquer proposta, o que conta hoje é ser parte de alguma minoria: indígenas, transexuais, gays, mulheres, negros, veganos ou mesmo permacultores.

-Publicidade-

 

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site