Quase 3 milhões de nascidos no Brasil foram registrados em 2021

Miguel foi o nome mais escolhido para os bebês nascidos no Brasil em 2021
-Publicidade-
A quantidade de nascidos aparece no Portal da Transparência para Registro Civil
A quantidade de nascidos aparece no Portal da Transparência para Registro Civil | Foto: Marcello Casal/Agência Brasil

Em 2021, o registro de nascidos no Brasil chegou a 2,612 milhões de bebês. O cálculo realizado por Oeste leva em consideração a soma de nascimentos nos Estados apresentada neste domingo, 2, pelo Portal da Transparência para Registro Civil.

De acordo com o site, o número de nascidos no Brasil no ano passado é bem próximo da contagem para o anterior (2,640 milhões). Entretanto, ainda é possível que 2021 supere 2020. Ocorre que a inserção de dados pode apresentar um delay, e uma revisão nos próximos dias pode acrescentar o número suficiente para a mudança.

A diferença entre nascidos e mortos no Brasil, entretanto, diminuiu de um ano para o outro. Em 2020, foram 1,1 milhão de nascimentos a mais. Em 2021, o saldo caiu para 890 mil. As mortes de um ano para o outro cresceram de 1,4 milhão para 1,7 milhão no país.

-Publicidade-

Conforme as informações disponíveis hoje, Miguel é o nome que mais apareceu nas certidões de nascimento dos brasileiros no ano passado. Na segunda posição, está Arthur, seguido de Gael, Theo e Helena — desse modo, o nome feminino mais utilizado no período. Veja abaixo a lista com 10 nomes mais escolhidos para os nascidos no Brasil em 2021.

10 nomes mais escolhidos para os nascidos no Brasil

1º) Miguel: 29 mil

2º) Arthur: 28 mil

3º) Gael: 25 mil

4º) Heitor: 23 mil

5º) Helena: 23 mil

6º) Alice: 21 mil

7º) Theo: 20 mil

8º) Laura: 19 mil

9º) Davi: 19 mil

10º) Gabriel: 18 mil

 

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.