Quem é Alysson Paulinelli, citado por Bolsonaro na ONU

Ele foi ministro da Agricultura de 1974 a 1979
-Publicidade-
Por seu desempenho no combate à fome no Brasil e no mundo, Paulinelli foi indicado ao Prêmio Nobel da Paz de 2021
Por seu desempenho no combate à fome no Brasil e no mundo, Paulinelli foi indicado ao Prêmio Nobel da Paz de 2021 | Foto: Divulgação

O presidente Jair Bolsonaro elogiou Alysson Paulinelli durante seu discurso na Assembleia Geral da ONU, em Nova Iorque, na terça-feira, 20. “Faço aqui um tributo à pessoa de Alysson Paulinelli, por seu papel na expansão da fronteira agrícola brasileira com o uso de novas tecnologias”, disse Bolsonaro na ONU.

Quem é Alysson Paulinelli?

Paulinelli foi ministro da Agricultura de 1974 a 1979 e um dos protagonistas da Revolução Verde, que ocorreu nos anos 1970 e transformou o Brasil em um dos maiores exportadores mundiais de grãos, leguminosas, frutas e proteína animal.

-Publicidade-

Leia também: “O comandante da Revolução Verde no Brasil”, entrevista com Alysson Paulinelli publicada na Edição 59 da Revista Oeste

Por seu desempenho no combate à fome no Brasil e no mundo, Paulinelli foi indicado ao Prêmio Nobel da Paz de 2021. O prêmio, contudo, não ficou com o brasileiro.

Em entrevista à Revista Oeste, o ex-ministro contou como conseguiu transformar o agro nacional em um dos mais competitivos do mundo. “Nas décadas de 1960 e 1970, quase 50% da renda familiar do brasileiro era destinada à alimentação”, disse. “A partir dos anos 1980, esse custo caiu para menos de 30%. O alimento melhorou e ficou mais barato.”

Olhando para o futuro, Alysson Paulinelli se mostrou otimista. Para ele, o agronegócio do Brasil está no caminho certo. “Se o Brasil fizer aquilo de que é capaz, daqui a 30, 50 anos, estaremos entregando a nossos consumidores um produto com as mesmas características do alimento que Adão e Eva comeram no paraíso.”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

4 comentários Ver comentários

  1. Segundo o Lula, Alysson Paulinelli é o chefão maior, o líder nato do agrofascismo brasileiro. O idealizador desse fascismo todo que alimenta o mundo, né Lula??!!

  2. Ele é o exemplo de pessoa que ajudaram a melhorar o mundo, infelizmente pouco conhecido pela nossa gente. Não deveríamos esperar o reconhecimento dele pela premiação do Nobel, e sim fazer uma justa homenagem a esse herói nacional.

  3. Têm um documentário no Brasil Paralelo chamado “Cortina de fumaça “, fala muito sobre o agro e de Alysson Paulinelli, vale a pena assistir.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.