Bolsonaro: ‘A conta do fique em casa está chegando’

Presidente conversou com a imprensa hoje
-Publicidade-
Jair Bolsonaro também falou sobre o veto ao projeto que prevê distribuição "gratuita" de absorventes
Jair Bolsonaro também falou sobre o veto ao projeto que prevê distribuição "gratuita" de absorventes | Foto: Reprodução/Mídias sociais

O presidente Jair Bolsonaro voltou a dizer que a conta do “fique em casa” está chegando e que vai ficar mais alta ainda no mundo todo. Ele conversou na manhã desta segunda-feira, 11, com jornalistas no Guarujá, no litoral de São Paulo.

“A conta tinha que ser paga um dia”, observou. “No Brasil, conseguimos manter a economia viva. O homem do campo trabalhou, no decreto de atividades essenciais, coloquei o máximo de categorias possíveis, sempre fui contra ao ‘feche tudo'”, disse Bolsonaro. “Os prefeitos e governadores ganharam o monopólio de fechar tudo, inclusive em manter em casa quem não tinha renda.”

Bolsonaro voltou a citar que o Brasil foi um dos países que menos sofreram com a pandemia, e “é o que melhor está se saindo na questão econômica no pós-pandemia”. “Não medimos esforços para gastar dinheiro do povo para atender aos mais necessitados, terminamos 2020 com mais gente com carteira assinada que em 2019, isso é quase que um milagre”, frisou.

-Publicidade-

Em relação ao veto do projeto de lei que estabelecia a distribuição “gratuita” de absorvente para as pessoas vulneráveis, o presidente voltou a dizer que, se o sancionasse, estaria cometendo crime de responsabilidade. “A autora do projeto — deputada federal Marília Arraes (PT-PE) — alega um gasto em torno de R$ 100 milhões, mas é muito mais que isso. Alguém tem de transportar para o Brasil, tem um gasto, vai ser muito mais que isso”, explicou. “Se o Congresso derrubar o veto, vou tirar dinheiro da saúde e da educação, tem que tirar de algum lugar” afirmou Jair Bolsonaro.

André Mendonça

Sobre a indicação do ex-advogado-geral da União André Mendonça para o Supremo Tribunal Federal (STF), o presidente disse que a situação está indo para três meses “que o nome do indicado ao STF está no forno, quem não está permitindo é o Davi Alcolumbre — presidente da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania do Senado. Ele (Alcolumbre) teve tudo que foi possível durante os dois anos comigo, de repente ele não quer André Mendonça. Agora o que ele está fazendo não se faz”.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

7 comentários Ver comentários

  1. O que impressiona é o poder que o cara detém, como um simples presidente de CCJ!
    A verdade é que o país com a Constituição de 1988 se tornou uma bagunça, pois ela foi feita para dar poder extremado aos políticos e ao STF, ficando o Executivo à mercê deles. Para resolver, ou se faz outra ou os nossos milicos frouxos tomam uma atitude.
    Manda quem pode, obedece quem tem juízo. Saudade do Figueiredo!

  2. Sempre fui contra ao ‘feche tudo’”, disse Bolsonaro
    Mas não fez muito para evitar que fechem tudo. Sempre se lavando as mãos
    A verdade é que eu não acredito em Bolsonaro, eu acredito que ele é um globalista feito e direito, ele e todos os ministros, a mesma coisa que a esquerda.
    Ele é o presidente do Brasil, não pode culpar os outros. Fecharam todo por que ele permitiu.

    1. Caenta de que planeta você veio! Primeiro os vassalos do Lula Ladrão determinaram que só os governadores e prefeitos, poderiam administrar a pandemia, como fechar tudo, determinar quem poderia trabalhar ou ficar em casa, uso de mascaras, vacinas, etc, só você não viu ou não quis ver. Segundo globalistas são o Amoedo, Soros, os donos do Bradesco, Banco Itaú, Santander, etc, são os rentistas que lutam para o Brasil continuar como economia de terceiro mundo, onde eles cobram juros 300,00% aa, sobre cheque especial e cartão de crédito, nas economias de primeiro mundo os juros sobre os mesmos cheques especiais e cartões de crédito, são em tono de 8,00% aa. Nos aqui deste espaço e o Presidente Bolsonaro, lutamos, exatamente contra os globalistas.

    2. Sómente uma pessoa com mata-burro na sinapse, como você,”caenta”, é que poderia vir com um comentário tão desprovido de bom senso. É bom diminuir sua ração diária de alfafa e capim.

  3. QUANDO O PRESIDENTE DIZIA QUE A SAÚDE DEVE SER TRATADA, MAS JUNTAMENTE
    COM A ECONOMIA, UM BANDO DE PAPAGAIOS AMESTRADOS DIZIAM QUE PRIMEIRO
    ERA CUIDAR DA SAÚDE, A ECONOMIA SE VERIA DEPOIS. QUE NÃO SE RECLAME AGORA!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.