-Publicidade-

Reunião entre governador e prefeitos no RJ termina sem definição sobre ‘megaferiado’

Intenção do governo do Estado é antecipar feriados do mês de abril e emendar dez dias consecutivos de ponto facultativo a partir da próxima semana
O governador do Rio, Cláudio Castro, ainda não bateu o martelo sobre a antecipação de feriados no Estado
O governador do Rio, Cláudio Castro, ainda não bateu o martelo sobre a antecipação de feriados no Estado | Foto: Carlos Magno/GERJ

A reunião da manhã deste domingo, 21, entre o governador do Rio, Cláudio Castro (PSC), e prefeitos de cidades da região metropolitana terminou sem qualquer definição a respeito da possível antecipação de feriados, em mais uma tentativa de controlar o avanço da covid-19 no Estado.

Como noticiado por Oeste mais cedo, a intenção do governador é decretar um “megaferiado” no Estado que começaria na sexta-feira 26 e se estenderia até a Páscoa. Representantes dos setores produtivos que estiveram com Castro no sábado 20 para discutir o assunto são favoráveis à medida.

Leia mais: “Eduardo Paes endurece restrições e fecha praias no Rio”

Participaram das discussões nesta manhã, entre outros, os prefeitos do Rio de Janeiro e de Niterói, Eduardo Paes e Axel Grael, respectivamente. O encontro ocorreu no Palácio Laranjeiras, sede do governo do Estado. Paes e Grael deixaram o local sem conversar com os jornalistas.

Apesar de nada ter sido anunciado oficialmente, a GloboNews noticiou que há consenso em torno da antecipação dos feriados no Rio. O anúncio deve ser feito no início da semana. Está previsto para segunda-feira 22 um pronunciamento conjunto dos prefeitos, em Niterói (RJ).

Leia também: “Caos absoluto na gestão”, reportagem publicada na Edição 52 da Revista Oeste

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.