Reverendo que teria negociado vacinas apresenta atestado para não ir à CPI

Amilton Gomes de Paula é fundador da Secretaria Nacional de Assuntos Humanitários (Senah)
-Publicidade-
Reverendo Amilton Gomes de Paula teria negociado compra de vacinas contra a covid-19 em nome do governo
Reverendo Amilton Gomes de Paula teria negociado compra de vacinas contra a covid-19 em nome do governo | Foto: Agência Brasil

O reverendo Amilton Gomes de Paula apresentou nesta segunda-feira, 12, um atestado médico informando a “impossibilidade momentânea” de comparecer à CPI da Covid no Senado, que investiga ações do governo federal durante a pandemia.

O depoimento de Gomes de Paula estava programado para quarta-feira 14. Segundo informações do portal G1, o atestado tem validade de 15 dias a partir de 9 de julho.

Leia mais: “Governo exonera diretor da Saúde que teria autorizado reverendo a comprar vacina”

-Publicidade-

A CPI limitou-se a confirmar que o reverendo encaminhou “atestado médico, informando da impossibilidade momentânea de comparecer ao depoimento agendado para o dia 14.07.2021”.

A convocação do reverendo foi aprovada pela comissão na semana passada. Gomes de Paula é fundador da Secretaria Nacional de Assuntos Humanitários (Senah), que negociava a venda da vacina da Oxford/AstraZeneca supostamente em nome do governo brasileiro.

Leia também: “Barros afirma que CPI o ataca, mas não dá direito à defesa: ‘Covardia’”

Na última semana, o diretor do Departamento de Imunizações e Doenças Transmissíveis do Ministério da Saúde, Lauricio Monteiro Cruz, foi exonerado pelo governo federal. Segundo reportagem exibida pela TV Globo, o agora ex-diretor da pasta teria dado aval para que o reverendo Gomes de Paula negociasse a aquisição de 400 milhões de doses da vacina.

Leia também: “‘Não vou responder para três bandidos’, diz Bolsonaro sobre carta da CPI”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

2 comentários

  1. Canalha, deve está se cagando todo, ladrão e ainda chama um vagabundo dessa desgraça de reverendo, isso é uma agressão quem realmente é religioso. Cadeia nele polícia. Vai pregar na cadeia com os seus pares.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site