RJ pede que população não vá fazer testes de covid para ir a festas

Secretário de Saúde fez o alerta para evitar que os postos de saúde da cidade fiquem ainda mais  sobrecarregadas
-Publicidade-
As unidades de saúde do Rio de Janeiro estão sobrecarregadas neste começo de ano
As unidades de saúde do Rio de Janeiro estão sobrecarregadas neste começo de ano | Foto: Divulgação/Unsplash

O secretário municipal de Saúde do Rio de Janeiro, Daniel Soranz, usou as suas redes sociais para fazer um apelo aos cariocas neste momento da pandemia.

Soranz pediu para que as pessoas não usem o sistema de saúde para fazer testes de covid-19 com a motivação de ir a uma festa ou para o que classificou como motivos burocráticos.

Ele justificou o seu pedido, alertando que isso pode sobrecarregar ainda mais o sistema, que está sendo muito mais procurado em 2022, além de representar um risco de uma pessoa que não está com o vírus se contaminar, justamente na unidade de saúde.

-Publicidade-

Soranz concluiu pedindo que a população vá se vacinar e assim ajude o poder público a conter a pandemia e o avanço cada vez mais rápido da variante Ômicron.

Ministério vai distribuir 28 milhões de testes de covid

O Ministério da Saúde vai distribuir ainda no mês de janeiro cerca de 28 milhões de testes rápidos de covid-19. Parte do carregamento será entregue nas próximas duas semanas.

O anúncio foi feito no sábado 8 pelo ministro Marcelo Queiroga em sua conta no Twitter.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.