São Paulo recebe mais 1,9 milhão de doses da CoronaVac

Antes da liberação ao Ministério da Saúde, os imunizantes serão submetidos ao controle de qualidade do Instituto Butantan
-Publicidade-
A CoronaVac é produzida pelo laboratório chinês Sinovac
A CoronaVac é produzida pelo laboratório chinês Sinovac | Foto: Divulgação/SES

O governo de São Paulo recebeu na noite de ontem, quarta-feira 1º, um lote com 1,9 milhão de doses da CoronaVac, vacina contra a covid-19 produzida pelo laboratório chinês Sinovac.

A chegada do imunizante foi acompanhada pelo secretário de Saúde do Estado, Jean Gorinchteyn, pelo superintendente da Fundação Butantan, Reinaldo Sato, e pela coordenadora-geral do Plano Estadual de Imunização (PEI), Regiane de Paula.

Os imunizantes serão alocados no armazém do Ministério da Saúde e, antes da liberação ao Plano Nacional de Imunização (PNI), serão submetidos ao controle de qualidade do Instituto Butantan.

-Publicidade-

Desde janeiro de 2021, foram disponibilizados 92,8 milhões de doses da CoronaVac para aplicação em todo o país. Neste mês, o Butantan deve finalizar as entregas previstas em contratos com o Ministério da Saúde, totalizando 100 milhões de doses.

Leia também: “Covid-19: quase 9 mil brasileiros vacinados morreram em julho”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro