Segundo turno em Macapá: a eleição que agora importa para Alcolumbre

Após o fiasco em permanecer no comando do Senado, Davi Alcolumbre se empenha em tentar eleger o irmão prefeito
-Publicidade-
Da esquerda para a direita: Josiel Alcolumbre e Antônio Furlan | Foto: Divulgação/Tribunal Superior Eleitoral
Da esquerda para a direita: Josiel Alcolumbre e Antônio Furlan | Foto: Divulgação/Tribunal Superior Eleitoral

Após o fiasco em permanecer no comando do Senado, Davi Alcolumbre se empenha em tentar eleger o irmão prefeito

Da esquerda para a direita: Josiel Alcolumbre e Antônio Furlan | Foto: Divulgação/Tribunal Superior Eleitoral
-Publicidade-

Sim, as eleições municipais ainda não terminaram no Brasil. Por força do adiamento em novembro decorrente de um apagão na maioria dos municípios do Amapá, a capital Macapá terá o seu segundo turno neste domingo, 20. Disputam a cadeira Doutor Furlan (Cidadania) e Josiel Alcolumbre (DEM), irmão do presidente de saída do Senado, Davi Alcolumbre (DEM).

Derrotado em sua tentativa de seguir no comando do Congresso no “tapetão”, com a decisão apertada do Supremo Tribunal Federal (STF), Davi Alcolumbre agora centra esforços em tentar eleger o irmão. A vitória daria força ao grupo para tentar voos mais altos em 2022, como o governo estadual, colocar um aliado em mais uma cadeira no Senado e ampliar a bancada de deputados federais na Câmara.

Macapá reúne 292.718 eleitores — no primeiro turno, compareceram 217.161. O número de abstenções correspondeu a 25,81%. Os votos em branco foram 2,64%, e os nulos 4,38%.

Oeste divulgará o resultado no final deste domingo.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

3 comentários

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.