Segurança morto em assalto no Rio foi trabalhar para ganhar R$ 180

Crime em shopping de luxo na Barra da Tijuca no sábado ainda não tem nenhum suspeito identificado ou preso
-Publicidade-
Câmera de segurança flagrou fuga de assaltantes em shopping do Rio de Janeiro
Câmera de segurança flagrou fuga de assaltantes em shopping do Rio de Janeiro | Foto: Reprodução

Morto durante um assalto a uma joalheria no Rio de Janeiro no sábado 25, o segurança Jorge Luiz Antunes foi trabalhar para ganhar R$ 180 pela diária. O crime mexeu com uma cidade acostumada com casos de violência.

O segurança, de 49 anos, morreu ao ser atingido em um tiroteio no Village Mall, shopping de luxo na Barra da Tijuca, na zona oeste da cidade. Os criminosos saíram atirando depois de roubar uma joalheria, provocando pânico nos frequentadores. O profissional, que trabalhava à paisana e desarmado, foi morto com um tiro no rosto.

Segundo relatos de testemunhas à Polícia Civil, 12 criminosos participaram do assalto na Barra da Tijuca, por volta de 18 horas de sábado. Durante a ação, eles chegaram a fazer reféns dentro da joalheria e depois deixaram o local em seis motos. Até o momento, nenhum suspeito foi identificado ou preso.

-Publicidade-

Luiz Antunes não era contratado do shopping e receberia R$ 180 pelo dia de trabalho avulso. O segurança deixou de ir ao aniversário de um neto para prestar o serviço.

Morador de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, região metropolitana do Rio, Luiz Antunes deixou a esposa, quatro filhos e netos. O enterro vai ocorrer nesta segunda-feira, 27.

Leia também: O Brasil da barbárie, artigo de Bruno Freitas publicado na Edição 117 da Revista Oeste.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

8 comentários Ver comentários

  1. Vamos aguardar a criação de uma comissão no senado para investigar esse assassinato bárbaro e o STF dar 05 dias para o Governo do Estado do Rio de Janeiro punir os culpados.

  2. Os esquerdopatas vêm os ladrões assassinos como vítimas da sociedade. A sociedade precisa se armar para se proteger e proteger seu patrimônio.

  3. E aí Senhor Edson Fachin, Alexandre de Moraes, Gilmar Mendes, Tofoli,Barroso Carmem Lúcia, Rosa Weber e Presidente do STF Fux. Morreu UM POLICIAL INOCENTE PAI DE FAMILIA e os MENINOS DO PCC CV estão todos vivos e passam bem obrigado. O POVO PASSA MAL., Patifes que soltam CRIMINOSOS. #lixo #lulaNaCadeia #StfDaVergonha

  4. Onde estão os oportunistas, da imprensa velha e da classe artística, que representaram indignação pelos dois mortos na Amazônia? A morte deles foi mais mortal que a do segurança?
    Estamos cansados dessa pantomima, de manifestação de pesar seletivo e falso, de acordo com a oportunidade.
    Que a família possa receber o conforto de Deus.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.