Sistema que emite notas fiscais da prefeitura de SP está instável desde sábado

Mais de 700 mil prestadores de serviço que utilizam o site na capital podem ser prejudicados pela falha técnica
-Publicidade-
Serviço é utilizado por mais de 700 mil pessoas na capital paulista
Serviço é utilizado por mais de 700 mil pessoas na capital paulista | Foto: Reprodução/Instagram

Conhecido pelo nome de Nota do Milhão, o sistema de emissão de notas fiscais da prefeitura de São Paulo está instável há dias. O problema começou a ser detectado por usuários no sábado 13, apresentando quedas em determinados períodos, até ficar completamente fora do ar nesta quarta-feira, 17.

No site da Nota do Milhão, a Secretaria da Fazenda Municipal informa que, “devido à manutenção no banco de dados, o Sistema da Nota Fiscal de Serviços Eletrônica está apresentando lentidão”. Sem especificar data nem horário previstos para a reativação do processo, a prefeitura garante que “as equipes estão atuando para normalizar o sistema”.

Mais de 700 mil prestadores de serviço que utilizam o site na capital podem ser prejudicados pela falha técnica. Entre eles, empresas de pequeno e médio porte, profissionais liberais, lojas, academias, escolas particulares, lavanderias, creches, colégios, construtoras, conserto de eletrodomésticos, cabeleireiros, hotéis e motéis, oficinas mecânicas, empresas de vigilância e limpeza.

-Publicidade-

Usuários aflitos

“Tentei acessar o site desde sábado, mas um aviso dizia que estava em manutenção”, conta a contadora Amélia Nogueira. “Não voltou até hoje. Isso nunca tinha acontecido antes. Ficamos aflitos por não ter nenhum aviso concreto sobre a resolução do problema. Recebo cobranças de notas o dia todo, mas não posso resolver. Preciso que o site volte ao ar quanto antes para poder trabalhar.”

Em nota divulgada para a imprensa, a prefeitura informou: “Durante o final de semana e feriado (13 a 15/11), houve uma manutenção para atualização de diversos sistemas da secretaria. Na terça-feira (16/11), foi constatada a instabilidade no ambiente da Nota Fiscal de Serviço Eletrônica, situação que persiste nesta quarta-feira (17/11)”.  A Secretaria da Fazenda acrescentou ainda que “os técnicos da empresa responsável pela hospedagem do programa da Nota Fiscal de Serviço Eletrônica, assim como os técnicos da empresa detentora da tecnologia de sua base de dados, seguem atuando para que o sistema da nota seja estabilizado o mais breve possível”. De acordo com a prefeitura, os contribuintes têm um prazo de dez dias para a emissão da nota.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.