‘Site’ mostra quem teve dados expostos após vazamento de 223 milhões de CPFs

O FuiVazado! tem o objetivo de esclarecer as dúvidas dos usuários que tiveram a privacidade violada
-Publicidade-
'Site' mostra quem teve dados expostos após vazamento de 223 milhões de CPFs
'Site' mostra quem teve dados expostos após vazamento de 223 milhões de CPFs | Foto: Reprodução/Mídias Sociais

Em 18 de janeiro, dados pessoais de 223,7 milhões de brasileiros foram vazados em um fórum na internet, acessível por meio de busca no Google. Nome, número no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF), fotos, endereços, salários, telefones e históricos de crédito foram algumas das informações expostas. O número de dados vazados é maior do que a população brasileira — que tem 212 milhões de pessoas, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) — porque informações sobre falecidos também foram divulgadas no fórum.

Com o objetivo de mostrar quem teve dados pessoais expostos, o desenvolvedor Allan Fernando criou a plataforma FuiVazado!. A página pede que o usuário indique o número do CPF (ou CNPJ) e a data de nascimento, sem exigir que nenhum login seja feito. Ao disponibilizar essas informações, o usuário consegue ver se CPF, nome completo, data de nascimento, gênero e outros 37 itens foram vazados.

Leia também: “Procon notifica Serasa por vazamento de dados de brasileiros”

-Publicidade-

Com informações do Metrópoles

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.