‘Sou ladrão e vacilão’: criminoso com a testa tatuada é preso novamente

Há cinco anos, responsáveis por frase foram detidos e bandido chegou a ser encaminhado a uma clínica de reabilitação
-Publicidade-
O caso ficou conhecido em 2017, depois que ele furtou uma bicicleta
O caso ficou conhecido em 2017, depois que ele furtou uma bicicleta | Foto: Reprodução

A Guarda Civil de Cotia, na Grande São Paulo, prendeu na manhã de domingo 27 um criminoso que, há cinco anos, teve a testa tatuada com a frase “sou ladrão e vacilão”. Já havia outro mandado de prisão em seu nome.

Segundo os agentes, Ruan Rocha da Silva foi detido após furtar uma residência, no bairro Jardim Stella Maris. No local, os moradores relataram que o homem pulou a janela do banheiro e foi encontrado na sala do apartamento.

Frase tatuada na testa

-Publicidade-

Silva, que atualmente tem 22 anos, teve a frase tatuada na testa por dois homens, depois de invadir um imóvel e furtar uma bicicleta. Na época, o então adolescente disse ser usuário de drogas e que estava “muito bêbado”.

Os dois homens foram presos e, no ano seguinte, condenados por crime de lesão corporal gravíssima e constrangimento ilegal pela ação contra o jovem.

Silva, por sua vez, ganhou uma internação em uma clínica de reabilitação para dependentes químicos em Mairiporã, na região metropolitana. No local, ele também passou por sessões para remoção da tatuagem — que não foram concluídas porque ele abandonou o tratamento.

O jovem já havia sido preso outras vezes. Ainda quando estava internado, ele teve uma saída da clínica autorizada e foi preso por suspeita de furtar um desodorante em um mercado. Pagou fiança e foi liberado.

Também chegou a cumprir pena, após ser condenado em 2019, por tentativa de roubo em uma Unidade Básica de Saúde em São Bernardo do Campo. Na ocasião, ele tentou levar um celular. Na época, foi condenado a quase cinco anos de prisão, mas como cumpriu um sexto da pena foi solto pela Justiça.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

13 comentários Ver comentários

  1. Ele não passa de mais uma vítima da sociedade, do capitalismo, da ultra-extrema-direita. Se lhe dessem uma oportunidade, talvez ele pudesse abrir uma loja de celulares semi-novos, captados no mercado. Mas não. Prendem até jovens que roubam um celular para tomar uma cervejinha… é um país muito cruel esse nosso. Mas agora vai mudar…

  2. Solto pelo judiciário dos seguidores do tirano Xandão, ou as FFAA prendam esses juízes e políticos da linha de randolfe ou o Brasil vai falir .

  3. Tadinho gente…..é uma vítima da sociedade coitado. Não tem culpa de ter sido criado na comunidade CPX…..faz o L e segue pra frente.

  4. Eram pra vcs terem citado na matéria,toda a paparicagem que esse indivíduo teve na época por aquele pessoal da esquerda que adora defender bandidos!!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.