STF forma maioria para arquivar investigação sobre cheques de Queiroz para Michelle

Caso é analisado no plenário virtual; cinco ministros acompanharam o voto do relator, Marco Aurélio Mello
-Publicidade-
Investigação sobre cheques de Fabrício Queiroz para Michelle Bolsonaro será arquivada
Investigação sobre cheques de Fabrício Queiroz para Michelle Bolsonaro será arquivada | Foto: Isac Nóbrega/PR

O Supremo Tribunal Federal (STF) formou maioria para arquivar o pedido de abertura de investigação sobre os R$ 89 mil em cheques depositados pelo ex-assessor parlamentar Fabrício Queiroz para a conta da primeira-dama, Michelle Bolsonaro.

Os ministros Alexandre de Moraes, Cármen Lúcia, Nunes Marques, Ricardo Lewandowski e Rosa Weber acompanharam o voto do relator, o decano Marco Aurélio Mello, e negaram o recurso apresentado contra a decisão que havia determinado o arquivamento de uma notícia-crime apresentada à Corte.

Leia mais: “PGR não vê crime de Bolsonaro em investigação sobre cheques de Queiroz para Michelle”

-Publicidade-

O caso é analisado no plenário virtual do STF. O prazo para que todos os ministros deem seus votos se encerra somente no dia 2 de agosto, data que marca o fim do recesso do Judiciário.

Em maio, como Oeste noticiou, o procurador-geral da República, Augusto Aras, já havia recomendado o arquivamento da investigação. No pedido apresentado ao STF por um advogado com base em reportagens publicadas pela grande imprensa, o presidente Jair Bolsonaro era acusado do crime de peculato.

Com informações do jornal O Estado de S. Paulo

Leia também: “Bolsonaro sugere que é perseguido por autoridade alvo de chantagem”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

5 comentários

  1. O tuíte deu resultado. Uma acusação que se arrastou por 2 anos e meio, CONTRANGENDO, INTIMIDANDO E ATINGINDO A HONRA da Primeira-Dama, finalmente, foi arquivada pela INEXISTÊNCIA DE PROVAS.
    O MP precisa de uma faxina, urgente!!
    Vai acontecer o mesmo com as “rachadinhas”. Nunca provaram nada!!

  2. Até o presidente confirmou a transferência. Mas não por ser objeto de crime, pois não se passa cheque para dinheiro de crime, né?. Noventa mil é dinheiro de pinga.

  3. Porque não exploramos a rachadinha institucional que todo PETRALHA eleito tem que devolver 10 % ao Partido para o nove dedos LADRAO!!!!!!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site