STF marca retorno presencial e exigirá comprovante de vacinação

O chamado 'passaporte da vacina' deverá ser apresentado tanto por funcionários da Corte quanto pelo público externo
-Publicidade-
Sessões do Supremo Tribunal Federal no plenário serão retomadas a partir do dia 3 de novembro
Sessões do Supremo Tribunal Federal no plenário serão retomadas a partir do dia 3 de novembro | Foto: Nelson Jr./STF

O Supremo Tribunal Federal (STF) anunciou nesta terça-feira, 26, a data para o retorno das atividades presenciais na Corte: 3 de novembro. A medida vale para todos os funcionários, inclusive os ministros. As sessões no plenário do colegiado serão retomadas presencialmente a partir dessa data.

Segundo uma resolução assinada pelo presidente do STF, Luiz Fux, será obrigatória a apresentação de um comprovante de vacinação contra a covid-19 — o certificado emitido pelo Ministério da Saúde. O chamado “passaporte da vacina” deverá ser apresentado tanto por funcionários da Corte quanto pelo público que visitar o Supremo.

Aqueles que não estiverem totalmente vacinados contra a covid-19 só terão a entrada autorizada se apresentarem um teste negativo realizado até 72 horas antes. O uso de máscaras e o distanciamento social continuarão obrigatórios nas dependências do tribunal.

-Publicidade-
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

  1. Agora, os velhinhos como eu (76) que tomaram Coronavac, querem saber se os SUPREMOS notáveis puderam escolher a “queridinha” PFIZER reserva especial, ou a vacina que tinha no SUS?

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.