-Publicidade-

Turismo está em ‘franca recuperação’, diz presidente da Embratur

Gilson Machado demonstra entusiasmo com retomada do setor no país
O litoral brasileiro é um dos atrativos para o turismo | Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil
O litoral brasileiro é um dos atrativos para o turismo | Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil | turismo - gilson machado - embratur

Gilson Machado demonstra entusiasmo com retomada do setor no país

turismo - gilson machado - embratur
O litoral brasileiro é um dos atrativos no campo turístico | Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

O setor de turismo é mais um a demonstrar crescimento depois de acentuada queda provocada pela pandemia da covid-19. E quem faz tal afirmação é o presidente da Embratur, Gilson Machado. Ele falou sobre o assunto na noite desta quarta-feira, 25.

Leia mais: “Projeto de lei incentiva turismo agrícola”

“O setor do turismo encontra-se em franca recuperação”, garantiu o executivo da Embratur, agência vinculada ao Ministério do Turismo, em entrevista a Os Pingos nos Is, programa da rádio Jovem Pan que conta com a participação de três colunistas da Revista Oeste: Augusto Nunes, Guilherme Fiuza e Ana Paula Henkel.

Segundo Machado, o segmento turístico brasileiro recuperou 88% de sua força no decorrer dos últimos cinco meses. Para a recuperação, ele valorizou o chamado turismo interno (ou doméstico). Isso porque garante que cerca de 13 milhões de brasileiros, com “alto poder aquisitivo” e acostumados a viagens para o exterior, começaram a investir em viagens nacionais — devido a regras de restrição impostas até hoje por determinadas nações.

Rival do agronegócio?

Gilson Machado aproveitou a entrevista para registrar que, em sua visão, o setor tem potencial para evoluir dentro da fatia econômica do Brasil. Para ele, o segmento — hoje detentor de cerca de 8% da economia do país —  pode chegar até a 22%. “Podemos passar até o agronegócio”, comentou o presidente da Embratur.

Perda de faturamento

A afirmação de Gilson Machado vai na contramão dos dados divulgados pela FecomercioSP na última semana. Segundo a entidade comercial, o faturamento da área encolheu 44% de março a setembro deste ano (se o período é comparado com os mesmos sete meses de 2019). Conforme noticiou Oeste, isso representa retração de R$ 41,6 bilhões.

Mais: “Novo Embaixador do Turismo do Brasil promete ‘trabalhar pelo país mais lindo do mundo’”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

  1. Esse Presidente da Embratur quando fizer essas afirmações precisa apresentar os dados estatísticos das redes hoteleiras, restaurantes e comercio em geral ligados ao turismo, caso contrário essas noticias passam a sensação de especulações sem fundamentos baseados em dados consistentes .

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês