Reunião da Unirio revela qualificação de parte da ‘elite acadêmica’ do país

Universidade pública, bancada pelo pagador de impostos, tem liderança de nível questionável
-Publicidade-
Foto: REPRODUÇÃO
Foto: REPRODUÇÃO | unirio - reunião virtual

Universidade pública, bancada pelo pagador de impostos, tem liderança de nível questionável

https://youtu.be/D2rUkh3v_z8

“Deixe de ser filha da p…”. Dessa forma, com palavra de baixo calão, o professor Leonardo Castro se dirigiu à pró-reitora Loreine Hermida durante reunião virtual realizada entre conselheiros da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio). O tema fez o nome da instituição de ensino viralizar nas redes desde quarta-feira 29. Além de comentários a respeito do xingamento, o caso teve desdobramentos.

-Publicidade-

Leia mais: “PT quer criar CPI da cloroquina

Na própria quarta, Castro divulgou nota desculpando-se pelo ato. Por meio de post em seu perfil no Facebook, o professor admitiu a “forma agressiva” com que se dirigiu à colega de universidade. Na mensagem em que pede desculpas, o professor tenta, entretanto, justificar seu ato de desrespeito. De acordo com ele, a ofensa foi fruto da “tensão gerada pelas mais de quatro horas de reunião”.

“Faltei com esses princípios básicos da civilidade que nos devem conduzir sempre”

“Todo ser humano merece, necessita e tem direito a consideração e respeito. Faltei com esses princípios básicos da civilidade que nos devem conduzir sempre, em todos os momentos de nossas vidas”, publicou o professor da Unirio. Com mais de mil interações, a postagem de Castro recebeu apoio de parte do público.

https://www.facebook.com/leonardo.castro.1800/posts/10219655222748304

Memes

O xingamento proferido pelo professor repercutiu nas redes sociais, sobretudo no Twitter. Pela plataforma de microblogs, alunos da Unirio ironizaram a situação e transformaram a história em memes. Foi lançado, inclusive, o desafio no estilo “quem é você” na reunião virtual. A discussão ganhou até vez no TikTok.

https://twitter.com/nogueira_pedrr/status/1288707099573329922

Exoneração

Na tarde desta quinta-feira, 30, o assunto foi além de memes. Isso porque o xingamento rendeu punição a Leonardo Castro. Por meio de portaria, o reitor Ricardo Silva Cardoso exonerou o professor da função de decano do Centro de Ciências Humanas e Sociais da Unirio.

A exoneração de Castro, que segue como professor da Unirio, voltou a agitar as redes sociais. Com críticas ao reitor, há quem fale em vingança política. Na disputa pela reitoria, Castro foi o mais votado em consulta prévia realizada pela faculdade no ano passado. No entanto, Cardoso foi o escolhido pelo presidente Jair Bolsonaro.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

  1. Eu gostaria de saber se o Leo Guimarães já foi ou é discente ou docente da UNIRIO, pelo seu comentário, mostra que ele nunca viveu a realidade da universidade. Mostra também, que ele nunca foi aluno ou conheceu nenhum dos dois professores, nem o Ricardo Cardoso nem o Leonardo Villela, caso contrário, estaria agradecendo essa exoneração.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.