Urnas eletrônicas: Positivo vence licitação de R$ 1 bilhão do TSE

O contrato corresponde a mais de 43% do faturamento da empresa em 2020
-Publicidade-
Novo modelo da urna eletrônica lançada pelo TSE
Novo modelo da urna eletrônica lançada pelo TSE | Foto: Divulgação/TSE

A Positivo Tecnologia anunciou que venceu a licitação para fornecer urnas eletrônicas paras as eleições de 2022. Ao todo, o contrato deve render cerca de R$ 1,2 bilhão à companhia.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) realizou a concorrência, que compreende o contrato para 176 mil urnas eletrônicas e demais produtos e serviços pelo montante bilionário. Ou seja: o valor divido por unidade equivale a quase R$ 7 mil.

Considerando o número de municípios no Brasil (5.570), a quantidade prevista corresponde a uma média de 31 urnas eletrônicas para cada cidade. Além disso, a quantia equivale ainda a 829 eleitores por aparelho, considerando os números mais recentes do eleitorado nacional fornecidos pelo TSE.

-Publicidade-

De acordo com a empresa, a convocação para assinatura da Ata de Registro de Preços deve ocorrer depois da publicação do resultado do certame pelo TSE no Diário Oficial.

As urnas eletrônicas no faturamento da Positivo

Em novembro, a Positivo Tecnologia anunciou o faturamento de R$ 2,7 bilhões no acumulado do ano nos nove primeiros meses. O resultado superou a receita total de 2020 e ainda representou um aumento de 78% sobre as receitas contabilizadas entre janeiro e setembro do ano passado. Assim, o novo certame com o TSE representa, aproximadamente, 43% desse valor.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.