Uso de máscaras em locais abertos deixa de ser obrigatório no Paraná

As crianças com menos de 12 anos de idade foram desobrigadas de usar a proteção facial
-Publicidade-
No decreto, o governador informou que nos espaços de acesso público no Paraná também deverão ser seguidos protocolos sanitários definidos pela Secretaria Estadual de Saúde
No decreto, o governador informou que nos espaços de acesso público no Paraná também deverão ser seguidos protocolos sanitários definidos pela Secretaria Estadual de Saúde | Foto: Paulo Victor Chagas/Agência Brasil

O governo do Paraná sancionou, na quarta-feira 16, a lei que derrubou a obrigatoriedade do uso de máscaras em locais abertos em todo o Estado. O texto foi enviado para sanção do governador, Carlos Massa Ratinho Junior (PSD), após ter sido aprovado na Assembleia Legislativa do Paraná.

Além da revogação, o governador também publicou um novo decreto, no qual determina que o acessório segue obrigatório para pacientes com sintomas da covid-19 e para pessoas em ambientes fechados.

As crianças com menos de 12 anos de idade foram expressamente desobrigadas do uso de máscaras pelo novo decreto do governo estadual, inclusive nas escolas.

-Publicidade-

No decreto, o governador informou que, nos espaços de acesso público no Paraná, também deverão ser seguidos protocolos sanitários definidos pela Secretaria Estadual de Saúde.

O decreto também destaca os bons índices do programa de vacinação contra a covid-19 no Estado. Os dados oficiais mostram que 93% dos paranaenses tomaram a primeira dose ou a dose única das vacinas contra a doença e que 87% da população foi imunizada com duas doses.

O texto também apontou queda nos índices de ocupação de leitos hospitalares e de transmissão do coronavírus.

A ocupação de leitos de UTI adulto exclusivos para o tratamento de casos graves da doença está em 37%, segundo o decreto. A taxa para os leitos de enfermaria é ainda menor, 19%.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

3 comentários Ver comentários

  1. O mundo civilizado aboliu a obrigatoriedade do uso de máscaras para crianças inclusive nas escolas. Aqui governadores ainda querem obrigar a vacinação infantil e não tratam as crianças com a atenção que merecem. Ameaçaram até tirar a guarda dos pais. Todavia, o tempo e a Internet estão fazendo a verdade prevalecer.

  2. Essa liberação não irá durar mais do que alguns dias. A maldita imprensa militante já está anunciando de maneira histérica ( e com grande satisfacao) a tal da deltacron, que mesmo sem se saber qual será o impacto ( e mesmo que for mínimo na saude) será justificativa pra todo e qualquer tipo de arbítrio. Quem teria poder para decretar o fim da focinheira seria a própria população, mas essa, parece que tomou gosto pelo cabresto. Não fosse isso, mesmo onde não é mais obrigatório o uso, não teria tanta gente usando. As pessoas se identificaram com a mascara.

  3. Os paranaenses terão uma surpresa ao verem q mesmo com a desobrigação de uso dessa focinheira estúpida (ressalte-se, SEM QUALQUER COMPROVAÇAO DE EFICÁCIA) haverá muita gente hipnotizada que continuará a usar essa imbecilidade.
    A única coisa em q a máscara mostrou ser eficaz foi na hipnose de formação de massa q esta suspeitíssima doença causou.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.