Volume de acessos para regularizar título gera instabilidade no site do TSE

Prazo para que eleitores façam emissão, regularização ou transferência a tempo de votar em outubro termina na quarta-feira
-Publicidade-
Sede do Tribunal Superior Eleitoral | Foto: Reprodução/TSE
Sede do Tribunal Superior Eleitoral | Foto: Reprodução/TSE

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou que na tarde desta segunda-feira, 2, os portais e os sistemas da Justiça Eleitoral apresentaram instabilidade devido ao alto número de acessos para regularização do título de eleitor. Somente até as 17 horas, foram realizados 431 mil atendimentos.

O prazo para que eleitores façam a emissão, regularização ou transferência do documento a tempo de votar nas eleições gerais de 2022 termina na quarta-feira 4. Ficaram indisponíveis, por exemplo, as áreas de consulta aos processos e os formulários para emissão, regularização e alteração de dados do título.

-Publicidade-

Inicialmente, as páginas do TSE apresentavam lentidão e os usuários reclamavam de demora na resposta dos serviços. Pouco tempo depois, no início da tarde, as páginas passaram a retornar uma mensagem dizendo não ter sido possível conectar ao servidor no momento. “Pode haver muito tráfego ou um erro de configuração.”

Para votar nas eleições de 2022, os eleitores a partir de 16 anos têm até quarta-feira para pedir a primeira via do título de eleitor ou regularizá-lo. Todos os procedimentos podem ser realizados inteiramente on-line, sem a necessidade de sair de casa.

Além de presidente da República, também estão em disputa nas eleições deste ano os cargos de governador, senador, deputado federal e deputado estadual. No Brasil, o voto é obrigatório para pessoas maiores de 18 anos e menores de 70 anos. Dos 16 anos aos 18 e após os 70 o comparecimento é facultativo.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.