WTorre negocia venda do futuro prédio mais alto de SP por R$ 1,5 bi

Edifício terá 39 andares e 216 metros de altura
-Publicidade-
Perspectiva do novo complexo imobiliário no bairro da Granja Julieta, em São Paulo
Perspectiva do novo complexo imobiliário no bairro da Granja Julieta, em São Paulo | Divulgação/Alto das Nações

A WTorre negocia a venda do projeto do prédio empresarial Alto das Nações. O edifício, com entrega prevista para 2025, será o mais alto da cidade de São Paulo, com 39 andares e 216 metros de altura. Entre as companhias interessadas no projeto está a BR Properties. As conversas já duram meses, mas não há proposta formalizada.

O futuro prédio terá 86 mil metros quadrados de área bruta locável (ABL) para escritórios. A WTorre, dona do projeto, pede aproximadamente R$ 1,5 bilhão para sacramentar o negócio. Isso representa algo na faixa de R$ 19 mil a R$ 22 mil por metro quadrado mais uma taxa de desconto de 7% para ajuste a valor presente.

As negociações abrangem, ainda, a possibilidade de fatiar a torre entre mais de um comprador. A WTorre também tem interesse em ficar com parte do empreendimento.

-Publicidade-

Leia também: “São Paulo concede 22 aeroportos regionais para a iniciativa privada”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro