'Brasileiros não fazem prova EaD sem colar', diz ministro da Educação

Edição da semana

Em Em 28 ago 2020, 14:51

‘Brasileiros não fazem prova EaD sem colar’, diz ministro da Educação

28 ago 2020, 14:51

Milton Ribeiro defende que mesmo com ensino à distância, provas deverão ser presenciais para evitar fraudes

Provas

Chefe do MEC afirmou que não há previsão para volta das aulas presenciais | Foto: Nayra Halm/Estadão Conteúdo

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, afirmou nesta sexta-feira, 28, que a educação brasileira vai sofrer influências do ensino à distância adotado durante a pandemia. Contudo, ele defendeu que as avaliações presenciais sejam mantidas, pois muitos brasileiros tendem a “colar”.

“Eu acho que esse é um assunto que a gente precisava debater [a questão da avaliação à distância]. Com todo o respeito que tenho aos brasileiros, eu sou brasileiro, mas eu não creio que todos tenham essa disciplina de fazer uma prova sozinho, em casa, com todas as condições pra poder, eventualmente, em um momento de necessidade, até burlar a questão do cuidado, colar, como diz a moçada”, falou.

Questionado sobre o retorno às aulas presenciais, o ministro disse que ainda não há resposta para essa questão nem no Brasil nem no exterior. Ribeiro destacou que o Brasil é um país continental e por isso não há como “uniformizar” a retomada das atividades de ensino.

Aliás, o ministro da Educação também afirmou que não cabe ao MEC essa decisão, mas sim aos prefeitos e governadores. A pasta poderia contribuir com propostas, mas não tem o poder de determinar essas questões.

 

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter

Colunistas

Um caso de amor com a tirania

Na França, é cada vez mais evidente o namoro com o autoritarismo sob o disfarce da racionalidade, da competência administrativa, do bem comum, da justiça social

A obsessão da imprensa por Donald Trump

Com o único propósito de ser anti-Trump, a mídia não saberá o que fazer se não puder culpar o bufão laranja por todo o mal que eventualmente venha a acontecer

O Guevara da Daslu

Faça como Doria. Pare diante do espelho, fale meia dúzia de clichês do humanismo de butique e note que você também tem um corpinho de centro-esquerda

A China e a fábula dos pardais

Enquanto o discurso ambientalista foca a Amazônia e as mudanças climáticas, a China segue com suas práticas predatórias e não assume responsabilidades

O gênio e o mito

Maradona não deveria ser uma referência moral para ninguém. Mas é um equívoco não homenageá-lo por seu futebol-arte

A coerção e o coronavírus

A necessidade de restrições ocasionais não deve abalar os fundamentos do verdadeiro liberalismo, sustentado no “inovismo” e no “adultismo”

Uma nova doença: o vício em desculpas

Poucas figuras públicas têm a força de caráter para se recusar a pedir desculpas aos identitaristas, que gostam de desempenhar o papel de vítimas permanentes

Você não pode perder

É o “mecanismo”

É o “mecanismo”

A 3ª maior doadora da campanha paulistana do PSOL é uma herdeira da empreiteira de obras públicas Andrade Gutierrez...

A VOZ DAS REDES

Uma seleção de tuítes que nos permitem um olhar instigante do mundo, ajudam a pensar e divertem o espírito

LEIA MAIS

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês