Cade aprova compra de empresa de segurança cibernética pela Embraer

Em 5 ago 2020, 15:41

Cade aprova compra de empresa de segurança cibernética pela Embraer

5 ago 2020, 15:41

Aprovação ocorre sem estrições

embraer - cade - tempest

Foto: AGÊNCIA BRASIL

Dedicada a fabricar aviões e peças do setor aeroespacial, a Embraer passa a ter controle sobre empresa especializada na área de segurança cibernética. Nesta semana, a superintendência-geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou a aquisição da Tempest Serviços de Informática.

Leia mais: “Empresa impulsiona a formação de programadores no Brasil”

Além de aprovar, a equipe do Cade não fez nenhuma ressalva à negociação. É o que pontua o despacho publicado, conforme consta no Diário Oficial da União (DOU). Dessa forma, a Embraer amplia sua relação com a Tempest. Isso porque, de modo indireto, ela já tinha participação na empresa de segurança digital. O que ocorria por meio do Fundo de Investimento em Participações Aeroespacial (FIP Aeroespacial), que ainda contava com BNDES, Finep e Agência de Desenvolvimento Paulista.

Etapas do negócio

Uma vez tendo a compra aprovada pelo órgão responsável, a Embraer realizará duas ações em relação à Tempest, empresa de segurança cibernética fundada no Recife em 2000 e que conta com cerca de 300 colaboradores. Primeiramente, haverá a compra das ações ordinárias dos acionistas (pessoas físicas). Por fim, a negociação será devidamente sacramentada com a aquisição do restante das ações que até hoje estão sob administração do FIP Aeroespacial.

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa news

Coronavírus

Oeste Notícias