Candidato a prefeito, Russomanno visita Bolsonaro em SP - Revista Oeste

Edição da semana

Em 26 set 2020, 15:40

Candidato a prefeito, Russomanno visita Bolsonaro em SP

26 set 2020, 15:40

O candidato do Republicanos aposta no apoio do presidente para conseguir vencer as eleições municipais deste ano

candidato

Foto da visita foi publicada por Russomanno | Reprodução/Redes sociais

O candidato a prefeito de São Paulo pelo Republicanos, Celso Russomanno, visitou o presidente Jair Bolsonaro no hospital Israelita Albert Einstein neste sábado, 26. O chefe do Executivo recebeu alta no início deste tarde, um dia após cirurgia para a retirada de um cálculo na bexiga.

“Hoje pela manhã estive no hospital Albert Einstein para visitar o nosso presidente Jair Bolsonaro, que passou por uma cirurgia. Torço pela sua rápida recuperação, para podermos seguir propondo bons projetos para o nosso Brasil”, escreveu Russomanno.

Líder nas primeiras pesquisas eleitorais, Russomanno tem apostado no apoio do presidente para sair vitorioso nas eleições deste ano. Bolsonaro havia declarado que não se envolveria nas eleições municipais, contudo já deu indícios que deverá apoiar o candidato em São Paulo.

 

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

7 Comentários

  1. Esse russomano es peligroso. Seras mais um judas. Melhor arrumar vereadores decentes e anular voto pra prefeito so de raiva.

    Responder
    • Bolsonaro não deve apoiar Russomano. Sou contra. Prefiro Levy Fidelix. Todos os outros tem fortes ligações com a esquerda lixo ou com a esquerda elitizada de FHC.

      Responder
  2. Não vejo mais candidatos , eventualmente eleitos, trairem, com facilidade , o Presidente JB. Os que trairam, já perceberam o barco furado que entraram. Ou seguem leais, ou nem tentam. JB é uma liderança que se consolida com simplicidade, carisma e honestidade de princípios. Cresce sua aceitação e confiança , junto ao povo e aos formadores de opinião. Se o IBOPE, contumaz esquerdista lhe deu 40% de bom e ótimo, aumente para 43%. Se deu 29% de regular, aumente para 32 %. 75% somando ótimo, bom e regular, não é para qualq

    Responder
    • “Os que trairam, já perceberam o barco furado que entraram.“

      Joice percebeu e a cada dia que passa vai se afundando, se cavando
      ate chegar no inferno e sentar no colo do capeta!

      Responder
  3. continuando…….Qualquer um. Ou algum eleitor acredita, hoje, que Luiz Inacio já obteve 80% de aprovação…. Foi a maior fraude de todos os tempos , este número !!!

    Responder
  4. Podem colocar 32% para Russomano, hoje !! e depois desta foto, 35 %. Considerando os atuais postulantes….Russomano ainda é a melhor escolha. Ou menos pior. Agora, se Joice jogasse a toalha e apoiasse o Principe….aí a disputa seria de outro nível.

    Responder
  5. Bolsonaro não deve apoiar Russomano. Sou contra. Prefiro Levy Fidelix. Todos os outros tem fortes ligações com a esquerda lixo ou com a esquerda elitizada de FHC.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter

Colunistas

O crime acima de todos

Não é que as instituições estejam funcionando mal, ou passando por alguma anomalia — ao contrário, elas são organizadas de maneira a tornar inevitáveis resultados como o que beneficiou André do Rap

O “cancelamento” contra a arte

Caso a sociedade se submeta a essa versão gourmetizada do stalinismo, nossos filhos e netos não terão o que ler, ouvir ou assistir

A segunda onda de hipocrisia

Em que pesem as comprovações de ineficácia dos lockdowns, enganadores como Emmanuel Macron fingem ter um mapa de bloqueio de contágio

Alerta: pesquisas à vista!

Por que as sondagens eleitorais erram tanto, como isso distorce o processo democrático e o que se pode fazer

O capitalismo pode salvar o mundo?

O sistema não é uma ideologia de laboratório, como o comunismo. É uma força viva, dinâmica, que há milênios se aperfeiçoa na satisfação das necessidades humanas

A coerção e o coronavírus

A necessidade de restrições ocasionais não deve abalar os fundamentos do verdadeiro liberalismo, sustentado no “inovismo” e no “adultismo”

Uma guerra civil nos EUA?

A mídia recusa-se a noticiar o que é evidente aos olhos de seus espectadores, e intelectuais argumentam que “saques e protestos violentos são vivenciados como eventos alegres e libertadores”

Você não pode perder

A VOZ DAS REDES

Uma seleção de tuítes que nos permitem um olhar instigante do mundo, ajudam a pensar e divertem o espírito

LEIA MAIS

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês