Carnaval à vista: escolas de samba do Rio estão liberadas para abrir quadras em novembro - Revista Oeste

Edição da semana

Em Em 20 out 2020, 16:35

Carnaval à vista: escolas de samba do Rio estão liberadas para abrir quadras em novembro

20 out 2020, 16:35

No entanto, a capacidade de atendimento ao público foi limitada a 50%

Desfile das Escolas de Samba | Alexandre Macieira/Rio Tur

Desfile das Escolas de Samba em 2020 | Alexandre Macieira/Rio Tur

Os cariocas poderão frequentar as quadras das escolas de samba a partir de 1º de novembro. A medida aconteceu em razão de uma revisão da Fase 6B do Plano de Retomada das Atividades Econômicas, publicada nesta terça-feira, 20, no Diário Oficial do Município do Rio de Janeiro. Por se tratar de uma decisão municipal, grupos que participam do desfile na capital do Estado mas têm sede em outras cidades devem obedecer às regras de seus respectivos municípios.

Leia também: Boletim Oeste: mortes por covid-19 em queda no Brasil

A lotação máxima, no entanto, foi reduzida. A capacidade de atendimento ao público foi limitada a 50% e mesas e cadeiras terão de ser numeradas. As equipes devem se submeter a cursos de capacitação oferecidos pela Vigilância Sanitária, além obedecer as regras de ouro como o uso de máscara, a disponibilização de álcool em gel, distanciamento entre os participantes e a higienização no local feita a cada três horas.

Funcionamento de bares e restaurantes sem restrição de horário

Bares e restaurantes também poderão voltar a operar sem limitação de horário. Até então, esses estabelecimentos eram obrigados a encerrar suas atividades até 1h. O colegiado, que define as estratégias tomadas pelo município durante a pandemia, afirmou que a retomada não tem causado impactos no Sistema Único de Saúde no Rio de Janeiro. “As atividades retomadas nesta fase não foram, até o momento, responsáveis por impactos sobre o sistema de saúde da rede”, informou.

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

3 Comentários

  1. Carnaval, religião e futebol. Ou contrai-se o vírus ou evita- de e estas três coisas. Simples assim

    Responder
  2. DANE-SE. Quer sambar com a perereca na brisa, vai pra praia de nudismo!

    Responder
  3. Tudo isso acontecendo, sabes pq, eleição está próxima.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter

Colunistas

O império dos sem-voto

Há cada vez mais pessoas que nunca receberam um único voto na vida, e não têm mandato nenhum, dizendo o que o cidadão deve ou não deve fazer

O mal de roupa nova

O Partido Democrata não esconde as intenções: quer mais coletivismo, menos autonomia dos Estados, maior controle exercido pelo Executivo central e intervenção na economia

A nova Torre de Babel

Ao contrário do mito bíblico, a torre atual está sendo edificada com base na confusão proposital das palavras por indivíduos desprovidos de inteligência e coragem

Segundo turno nupcial

“Ué, você tá torcendo pra mim?” / “Não sei. Estou indeciso”

A imprensa morre no escuro

A atividade que já foi chamada de “quarto poder” escorrega perigosamente para a irrelevância

O resgate de Tocqueville

O desprezo pelo cristianismo, tão comum em meios “progressistas”, representa um perigoso afastamento dos pilares norte-americanos

A coerção e o coronavírus

A necessidade de restrições ocasionais não deve abalar os fundamentos do verdadeiro liberalismo, sustentado no “inovismo” e no “adultismo”

Uma nova doença: o vício em desculpas

Poucas figuras públicas têm a força de caráter para se recusar a pedir desculpas aos identitaristas, que gostam de desempenhar o papel de vítimas permanentes

Você não pode perder

A VOZ DAS REDES

Uma seleção de tuítes que nos permitem um olhar instigante do mundo, ajudam a pensar e divertem o espírito

LEIA MAIS

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês