Carta ao leitor - Revista Oeste

Revista

Carta ao leitor
A transparência do nosso Jornalismo, as políticas públicas e o fenômeno do cancelamento cultural
17 jul 2020, 09:29

O assinante da Revista Oeste já está familiarizado com a pena de J. R. Guzzo. Guzzo é o melhor texto da imprensa brasileira. Por razões muito simples: é claro, não faz firulas, vai direto ao ponto. Enquanto boa parte dos jornalistas escreve para receber tapinhas nas costas dos colegas e comentários bajulativos em mesas de bar, Guzzo está sempre e integralmente a serviço de um único Senhor: o leitor. Não faz concessões. Não busca aplausos. E é com sua notória clareza que ele descreve a verdade sobre o Supremo Tribunal Federal e como a Corte se tornou uma instituição cujo principal objetivo é proteger os próprios integrantes. O atual presidente do STF, Antonio Dias Toffoli, foi acusado de receber propinas da empreiteira Odebrecht e o assunto é totalmente ignorado pela grande imprensa e pelas instituições da República. Tornou-se uma “pauta proibida”. A Revista Oeste prefere tratar do tema com transparência. É o que você verá na capa desta Edição 17.

Na trilha da clareza total, Augusto Nunes revela o tipo de filosofia praticado por Hélio Schwartsman, da Folha de S. Paulo, e o escritor Guilherme Fiuza comenta como os humanistas de Zoom se converteram subitamente em fãs de Gilmar Mendes.

O editor Wilson Lima, de nossa Redação em Brasília, deslinda a fake news de que disparos em massa via WhatsApp têm potencial de mudar os rumos de uma eleição.

Para esclarecer algumas das questões mais complexas relacionadas à pauta ambiental, a editora Branca Nunes foi ouvir o ministro Ricardo Salles. Salles defende-se de críticas e fala de Amazônia, ONGs, lixões e economia sustentável. A entrevista é um documento que ajuda o leitor a exercer seu direito de cidadão e cobrar a implementação das medidas anunciadas.

Ainda no campo das políticas públicas, a possibilidade de que algumas regiões do país estejam próximas dos níveis da chamada “imunidade de rebanho” para o coronavírus foi o objeto da apuração da editora Paula Leal e da repórter Roberta Ramos. Os dados não são conclusivos mas há indicações positivas e a possibilidade de uma segunda onda no país é remota.

O cancelamento cultural é tema de dois artigos que lançam luz sobre o debate. O colunista Bruno Garschagen lembra, com propriedade, que a esquerda é “canceladora” há mais de cem anos. E o editor-chefe da Spiked, Brendan O’Neill, narra como os “proprietários da virtude” vêm exibindo toda a sua sede totalitária.

Conte sempre com a clareza, a transparência e a objetividade da Revista Oeste.

Boa leitura.

Os Editores.

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

15 Comentários

  1. Parabéns. Imprensa livre e independente. É isso que esperamos e bem sempre a tradicional nos proporciona.

    Responder
    • Descobri a revista oeste e acabei de assina-la. É uma boa oportunidade para cancelar minha assinatura da esquerdista crusoe. Parabéns.

      Responder
  2. Vocês estão de parabéns, pela escolha do time eu resolvi assinar e é o único veículo de informação que gasto o meu dinheiro para informação. Espero que continuem fiel à verdade. O dia que pisarem fora da linha eu cancelo. Mas estou feliz por ter um veículo de informação que me deixa pensar por mim mesmo e não apresenta o prato pronto. Parabéns.

    Responder
  3. Obrigado a todos os integrantes da Revista Oeste. Vocês, a cada dia, nos surpreendem positivamente com as excelentes e exclusivas reportagens. Há muito profissionalismo, e compromisso com a Liberdade e a Verdade. Não sei se haverá cura para a Imprensa doente, até há pouco dominante, que publica mentiras, na tentativa do controle da sociedade.

    Responder
  4. Ainda nem li as matérias…mas tenho a certeza que vou me impressionar…
    A cada nova revista, ao longo destas 16 que já se foram, vocês sempre conseguiram me deixar literalmente de “boca aberta” e feliz por saber que ainda existe gente que pensa e que pensa bem e que pensa em nós todos e que pensa em nosso país!
    Vão em frente…estamos com vocês!

    Responder
  5. Oeste! Sem medo do patrulhamento. A todos da revista a minha admiração e o meu agradecimento.

    Responder
  6. Iniciando a leitura!!! Sempre com a certeza de estar sendo bem informado!!!!!
    PARABÉNS!!!! (mesmo só tendo lido a carta ao leitor)

    Responder
  7. Parabens, agora temos uma ilha do jornalismo, a revista Oeste.

    Responder
  8. Parabéns a Revista Oeste. Jornalismo de VERDADE!

    Responder
  9. Muito boa essa Revista. Parabéns

    Responder
  10. Excelente revista. Estou muito satisfeito com a qualidade e transparência das matérias. Parabéns!!!

    Responder
  11. O esforço de fazer e falar com idoneidade, é impar neste país ocupado por jornalistas vendidos ao dinheiro da Chin. foi jogado no lixo a ética, o bom senso, a verdade, para em nome da grana, fazer várias ilações perigosas contra seus adversários ideológicos. São achacadores invertebrados e sem noção da ética, moral e VERDADE. Por tanto é digno que a revista se sinta orgulhosa de seus membros. É uma turma que estava sendo rejeitada pela grande mídia, mas que em reunião se faz Grande, sem medo de divuolgar a VERDADE. parabéns.

    Responder
  12. Bem satisfeito com o conteúdo! Está cada dia mais difícil achar notícia de qualidade!

    Responder
  13. Parabéns a Revista Oeste!

    Responder
  14. Não me arrependo nada nada de ter assinado essa revista. Não sei se tem, mas podia ter uma versão PDF com o conteúdo completo. Mas acho que até entendo porque não tem.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OESTE NOTÍCIAS

R$ 19,90 por mês