Ao ser questionado, motorista de carro abordado confessou que estava fraudando o Coronavoucher e indicou o paradeiro da sua comparsa, que foi localizada e também detida.