Celso de Mello antecipa sua aposentadoria do STF - Revista Oeste

Edição da semana

Em Em 25 set 2020, 17:20

Celso de Mello antecipa sua aposentadoria do STF

25 set 2020, 17:20

O ministro já encaminhou ao presidente Jair Bolsonaro o ato formal sobre a antecipação de sua saída da Corte

celso de mello - ivan sartori - stf - presidente bolsonaro - josé cruz - agência brasil

Inicialmente o ministro iria se aposentar em 1º de novembro, quando completará 75 anos
Foto: José Cruz/Agência Brasil

O decano do Supremo Tribunal Federal, ministro Celso de Mello, resolveu antecipar sua aposentadoria para 13 de outubro. O ministro já encaminhou ao presidente Jair Bolsonaro o ato formal sobre a antecipação de sua saída da Corte.

Inicialmente o ministro iria se aposentar em 1º de novembro, quando completará 75 anos. Ele participará de julgamentos importantes antes da aposentadoria, como a definição da maneira como o presidente deve prestar depoimento — presencialmente ou se pode ser por escrito — no inquérito que investiga a suposta interferência dele na Polícia Federal.

Nesta semana, o decano antecipou o fim de sua licença médica e retomou os trabalhos na Corte. O afastamento do ministro, que teve início em 19 de agosto, foi motivado por uma cirurgia.

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

18 Comentários

  1. Voltou só pra fazer a “nhaca” final.

    Responder
    • STF suprema vergonha Nacional!
      Vai tarde. Espero nomeação de profissional qualificado. Cansamos de ver corruptos impunemente.

      Responder
      • Va de retro Satanás, e não volte nunca mais.

        Responder
  2. Foi noticiado que trata-se de uma esperteza: aposenta-se por invalidez e aí não precisa pagar mais IR – imposto de renda.

    Responder
  3. Ato estranho do decano Celso. Para que antecipar a aposentadoria em 15 dias se já não trabalha mesmo e vai receber seus proventos integralmente? Será para proporcionar a Bolsonaro antecipar a indicação de seu substituto em 15 dias ?
    Mas dizem que ainda vai participar da sessão que decide se Bolsonaro vai depor presencialmente no fajuto inquérito que o esquisito Moro provocou?
    Agora, se for esperteza para ter isenções fiscais, a Suprema Corte deveria se indignar e refutar essa antecipação.

    Responder
    • O juiz de m**** deve estar preparando uma presepada.

      Responder
    • Deveria ter se aposentado há muito tempo esse Pavão manco .

      Responder
  4. Ok esse ministro de m**** ta fazendo e para nao pagar imposto de renda lguem tem que entrar com uma açao contra essa b**** a anticipaçao dele e um ato de corrupçao contra os cofres publico

    Responder
  5. VAI MUITO TARDE!!

    Responder
    • #MendonçaNuncaNoSTF
      #JorgeOliveiraNuncaNoSTF
      #QueremosJuiz

      Responder
      • Marcelo Bretas e Ludimila Lins Grilo para novos juizes do STF.

        Responder
  6. Já vai tarde.

    Responder
  7. 15! dias antes, vai a m**** em cadáver ambulante…

    Responder
  8. Já vai muuuito tarde, seu prolixo, tautológico, gongórico, e ideológico juiz de m…. E que outros pares seus (bom seria que todos) lha seguissem.

    Responder
  9. “lhe” seguissem.

    Responder
  10. A m**** vai sair de cena!

    Responder
  11. É preciso investigar se esse sr se aposentou por invalidez para ficar livre do IR. PF nele !!!

    Responder
  12. Agora Improdutivo ao quadrado.
    E o povo ainda vai ter que continuar a pagar a aposentadoria da crapulada improdutiva!

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter

Colunistas

Um caso de amor com a tirania

Na França, é cada vez mais evidente o namoro com o autoritarismo sob o disfarce da racionalidade, da competência administrativa, do bem comum, da justiça social

A obsessão da imprensa por Donald Trump

Com o único propósito de ser anti-Trump, a mídia não saberá o que fazer se não puder culpar o bufão laranja por todo o mal que eventualmente venha a acontecer

O Guevara da Daslu

Faça como Doria. Pare diante do espelho, fale meia dúzia de clichês do humanismo de butique e note que você também tem um corpinho de centro-esquerda

A China e a fábula dos pardais

Enquanto o discurso ambientalista foca a Amazônia e as mudanças climáticas, a China segue com suas práticas predatórias e não assume responsabilidades

O gênio e o mito

Maradona não deveria ser uma referência moral para ninguém. Mas é um equívoco não homenageá-lo por seu futebol-arte

A coerção e o coronavírus

A necessidade de restrições ocasionais não deve abalar os fundamentos do verdadeiro liberalismo, sustentado no “inovismo” e no “adultismo”

Uma nova doença: o vício em desculpas

Poucas figuras públicas têm a força de caráter para se recusar a pedir desculpas aos identitaristas, que gostam de desempenhar o papel de vítimas permanentes

Você não pode perder

O que é o projeto BR do Mar?

O que é o projeto BR do Mar?

Texto tramita em regime de urgência na Câmara dos Deputados e pode ser votado a qualquer momento no plenário...
É o “mecanismo”

É o “mecanismo”

A 3ª maior doadora da campanha paulistana do PSOL é uma herdeira da empreiteira de obras públicas Andrade Gutierrez...

A VOZ DAS REDES

Uma seleção de tuítes que nos permitem um olhar instigante do mundo, ajudam a pensar e divertem o espírito

LEIA MAIS

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês