Cidadãos de Manaus podem estar livres da pandemia - Revista Oeste

Edição da semana

Em 22 set 2020, 22:00

Cidadãos de Manaus podem estar livres da pandemia

22 set 2020, 22:00

Imunidade de rebanho foi atingida em julho, apontam pesquisadores da USP

manaus, coronavírus, enterros, hospital de campanha

Manaus | Foto: TV em Tempo Online/Wikimedia Commons

É possível que a vida já possa voltar ao normal em Manaus, capital do Amazonas.  A imunidade de rebanho teria sido atingida, segundo pesquisa coordenada pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FM-USP). Esse efeito acontece quando a quantidade de contaminados é suficiente para que a própria população (o rebanho) contenha o vírus com as defesas naturais (imunizantes) de cada organismo. O estudo indica que a taxa de contaminação pela doença pode ter se estabilizado entre os meses de junho e julho.

Leia também: Covid-19: mortes em queda no Brasil

Os dados revelam que, até maio, 45,9% da população local já havia contraído o novo coronavírus. No mês seguinte, em junho, a quantia atingiu 64,8%, com uma variação 15 vezes menor em julho — mês em que a proporção de atingidos pela doença se estabilizou em 66,1%.

Entretanto, pesquisadores alertam para o fato de que ainda não há consenso sobre a proporção de uma população que precisa ser infectada com o coronavírus para que a imunidade de rebanho seja alcançada.

Para saber mais sobre o assunto, leia a matéria “O possível caminho da imunidade coletiva”, publicada na edição 17 da Revista Oeste

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

2 Comentários

  1. Legal! Bola pra frente que atras vem gente. Nao parem mais nada por nada. Deixa rolar.

    Responder
  2. Tudo indica que este artigo precisa de nova atualização. Notícias recentes do próprio governo indicam uma segunda onda em Manaus e talvez até a necessidade de isolamento social total.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter

Colunistas

Vacinação sem vacina

Falar em obrigar a população inteira a se vacinar — com uma vacina que não existe — significa o quê? Um negócio da China?

Supremas diferenças

Ao compararmos o STF à Suprema Corte dos Estados Unidos, o choque é violento

A coerção e o coronavírus

A necessidade de restrições ocasionais não deve abalar os fundamentos do verdadeiro liberalismo, sustentado no “inovismo” e no “adultismo”

Uma nova doença: o vício em desculpas

Poucas figuras públicas têm a força de caráter para se recusar a pedir desculpas aos identitaristas, que gostam de desempenhar o papel de vítimas permanentes

Você não pode perder

Ciência, que é bom, nada

Ciência, que é bom, nada

"Desde o começo da epidemia a discussão vem sendo assim: política em primeiro lugar", afirma J.R. Guzzo...

A VOZ DAS REDES

Uma seleção de tuítes que nos permitem um olhar instigante do mundo, ajudam a pensar e divertem o espírito

LEIA MAIS

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês