-Publicidade-

Com saída de Moro, pasta da Justiça e Segurança Pública pode ser desmembrada

Com a saída de Sérgio Moro, pode haver o desmembramento da Justiça e da Segurança Pública em dois ministérios. Este é um desejo que já foi expresso pelo presidente Jair Bolsonaro anteriormente.

Nomes já são pensados para ocupar os postos deixados no governo

Foto: Ministério da Justiça e Segurança Pública

Com a saída do ministro Sergio Moro, pode haver o desmembramento do Ministério da Justiça e  Segurança Pública em dois. Esse é um desejo que já foi expresso pelo presidente Jair Bolsonaro anteriormente.

Existe a possibilidade de que o chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Jorge Oliveira, assuma a Segurança Pública por ser policial militar da reserva do Distrito Federal. Segundo o jornal Folha de S.Paulo, a possibilidade de que ele vá para a Justiça é considerada menor.

Já para a pasta da Justiça, o nome mais forte é o secretário de Segurança Pública do Distrito Federal, Anderson Torres. Lateralmente, há uma possibilidade de o ex-deputado Alberto Fraga (DEM-DF) ser escolhido.

Fraga, amigo próximo do presidente, também poderia ser indicado para a Secretaria-Geral, no lugar de Jorge Oliveira.

-Publicidade-
Envie-nos a sua opinião, sugestão ou crítica! Fale conosco
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês