Congresso estuda adiar eleições, mas sem prorrogar mandatos - Revista Oeste

Em 19 Maio 2020, 16:22

Congresso estuda adiar eleições, mas sem prorrogar mandatos

19 Maio 2020, 16:22

Deputados e senadores irão compor comissão para definir as regras paras as eleições em meio a pandemia do novo coronavírus

Grupo foi anunciado por Rodrigo Maia – Najara Araujo/Câmara dos Deputados

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) anunciou nesta terça-feira, 19, que deputados e senadores irão compor uma comissão para debater o calendário das eleições municipais deste ano. Segundo o democrata, a data poderá ser adiada, mas sem a prorrogação dos mandatos atuais de prefeitos e vereadores.

“Na discussão com os líderes, é posição quase de unanimidade que devemos ter adiamento, mas sem prorrogação de nenhum mandato”, disse Maia. Esse grupo deve se reunir com o futuro presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barrroso, que tomará posse na segunda-feira, 25, para fazer a decisão por consenso.

Nesta semana, Rodrigo Maia já tinha realizado uma reunião com alguns parlamentares que defendem a manutenção das eleições neste ano. O grupo temia que, devido a pandemia do novo coronavírus, o pleito acabasse sendo cancelado.

Entre as alternativas apontadas, o deputado Hildo Rocha (MDB-MA) propôs que, devido a pandemia, as seções eleitorais deverão observar medidas especiais de segurança sanitária, a serem regulamentadas pela Justiça Eleitoral. Entre elas, o uso de máscara, disponibilização de álcool em gel e salas de votação específicas destinadas aos eleitores maiores de cinquenta e cinco anos de idade.

 

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

4 Comentários

  1. A PRESTAÇÃO DE CONTAS com o LEGISLATIVO brasileiro é IMINENTE. Nada do que é pautado por este pau mandado do centrão, interessa ao POVO ORDEIRO. Os congressistas precisam é de ter VERGONHA NA CARA. Seus abutres!

    Responder
  2. PRISÃO em SEGUNDA instância e fim do foro privilegiado é questão de honra, cfe resgate de dignidade, de interromper este período negro da República. O caldo a cada dia sugere uma grande “rabada N no “centro desse congresso fisiológico.

    Responder
  3. Que tal adiar eleições sine die para os congressistas, ficando estes nos cargos até morrerem, mesma proposta para o STF, com a única condição de as instituições serem enterradas juntamente? Se tivéssemos a certeza de que assistiremos, uma excelente e definitiva solução para o PAÍS.

    Responder
  4. eleições juntos em 22 simples assim!

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa news

Coronavírus

Oeste Notícias