Congresso quer explicações do novo ministro da Educação

Em 12 jul 2020, 17:42

Congresso quer explicações do novo ministro da Educação

12 jul 2020, 17:42

Deputados querem saber se ele levará para o ministério as posições que expressou nos púlpitos religiosos

Internet ministro da Educação

Integrantes da Frente Parlamentar Mista da Educação e da Comissão de Educação da Câmara estão se movimentando para votar um convite para que o novo ministro da Educação, Milton Ribeiro, participe de uma sessão do Congresso. Os congressistas repercutiram mal aos recentes vídeos revelados do pastor e agora ministro sobre a educação de crianças.

Deputados querem saber se ele levará para o ministério as posições que expressou nos púlpitos religiosos. De acordo com o grupo, o convite deve ocorrer na próxima semana.

“Os vídeos revelam posições ultrapassadas sobre a educação”, afirmou a deputada Margarida Salomão (PT-MG), presidente da Frente Parlamentar da Educação. “Queremos saber se ele pretende manter este pensamento à frente do ministério”.

Além disso, para a petista, o novo ministro ainda é uma incógnita por ser pouco conhecido da comunidade acadêmica e por não ter experiência em gestão pública. Milton foi vice-reitor da Universidade Mackenzie, ligada à Igreja Presbiteriana, da qual faz parte.

No vídeo em questão, Milton defende “educar crianças com dor”. Na gravação, feita durante uma pregação em 2016 com o tema “A Vara da Disciplina”, Ribeiro ensina as mães a manter seus filhos no bom caminho com “rigor e severidade”. Em seguida, ao antecipar possíveis críticas de que seu método pudesse ser considerado antipedagógico, acrescenta: “Eu amo as crianças da minha igreja”.

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

11 Comentários

  1. A tal Frente Parlamentar é presidida por uma PETISTA, então, NÃO precisa falar muito. Eu amo meus filhos, porém, existem situações em que SÓ o diálogo NÃO resolve e vc PRECISA e DEVE disciplinar com RIGOR, foi assim que fui criado, assim estou criando meus filhos e GRAÇAS A DEUS tem dado CERTO.
    Por causa desse MIMIMI é que a Juventude de hj está perdida, é necessário impor limites, dizer NÃO, estabelecer regras e ensinar as crianças desde cedo que todo erro têm consequências. Minha CASA, MINHAS REGRAS.

    Responder
    • Frente de esquerdistas canalhas que já começaram a [email protected] de sempre.
      Espero que a bancada evangélica, que estava chorando por cargos essa semana, faça seu papel e defenda o ministro que só expressou o que a bíblia diz.

      Responder
    • Acharam defeito de qualquer jeito. Nunca vão valorizar nada que venha do governo atual. Ainda não engoliram a derrota. Ele não deveria ir dar explicação nenhuma.

      Responder
      • *Achariam

        Responder
    • Faço minha as palavras de HERITON SOUZA, em seu comentário muito bem colocada cada palavra retratando uma realidade, que nos faz repensar nos metodos atuais, estes sim, falidos como demostra a nossa presente EDUCAÇÃO, com relação a outras nações. Agradeço a velha PALMATORIA pelo meus conhecimentos, principalmente matematicos. ( Cicero… quanto é 2+2? é…é… 3 Pofesôra. É ? pois voce vai tomar 4 “bolos” pra lembrar: que 2 + 2 = 4. Hoje eu digo Obrigado Professora. muito obrigado.

      Responder
  2. Posição ultrapassada! Isso na cabeça desses esquerdistas que querem o fim da família. Querem educar ensinando muitos direitos e poucos deveres. Muita liberdade e pouca responsabilidade. Vão procurar um servicinho.

    Responder
    • Ótimo teste para o Ministro demonstrar logo de saída que tem a casca grossa, caso contrário não se sustenta um mês.

      Responder
  3. Como já havia lido em outros posts, ignorem. Vão ficar fazendo mimimi pois é por isto que foram eleitos. Os eleitores deste pessoal prefere não terem que pensar (já que foi isto que apreenderam nos últimos anos).

    Responder
  4. Novela interminável.
    Eles perderam a eleição e querem que o governo vencedor governe como eles querem.
    Brasil, continue a limpeza na próxima eleição!

    Responder
    • Sou totalmente contra a qualquer tipo violência…educar com amor …foi assim que eduquei meus filhos …e foi assim que ensinei meus queridos alunos …eu fui primeiramente alfabetizadora…sem vara …sem régua …sem ameaças …com paixão pelo que fazia e muito amor …não ficou nenhum ser ser alfabetizado …detesto quando ouço …vara… chinelos …acho quem precisa utilizar desses expedientes …não são capazes de educar e nem ensinar .

      Responder
    • Não deem asas a cobra. O silêncio é a melhor resposta. O que essa corja quer é causar polêmica. Sendo assim a melhor coisa a se fazer é deixá-los no vácuo, então dessa forma eles nunca saberão o que estamos pensando. Não deixem eles pensarem que somos bobos, deixem que eles tenham a certeza, pois assim eles nos deixarão em paz.

      Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa news

Coronavírus

Oeste Notícias