Conheça quem vai julgar Wilson Witzel

Edição da semana

Em 28 set 2020, 14:21

Conheça quem vai julgar Wilson Witzel

28 set 2020, 14:21

Amanhã, terça-feira 29, vão ser escolhidos os cinco deputados que completam a comissão mista

Witzel

Governador afastado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel
Foto: Philippe Lima/Governo do Estado do Rio de Janeiro

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro definiu nesta segunda-feira, 28, os cinco desembargadores que vão compor o tribunal misto para julgar o pedido de impeachment do governador afastado Wilson Witzel.

Na semana passada, por 69 a 0, o plenário da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) autorizou a continuidade do processo.

Leia mais: “Wilson Witzel tenta ser salvo por Gilmar Mendes”

Amanhã, terça-feira, 29, vão ser escolhidos os cinco deputados que completam a comissão mista. A definição ocorrerá por votação na Alerj.

Desembargadores sorteados:

  • Teresa de Andrade Castro Neves
  • José Carlos Maldonado de Carvalho
  • Maria da Glória Bandeira de Mello
  • Fernando Foch
  • Inês da Trindade Chaves de Melo

Dois magistrados — Ricardo Rodrigues Cardoso e Miriam Medeiros da Fonseca Costa — chegaram a ser sorteados, mas, por terem filhos trabalhando no governo, declararam suspeição e foram substituídos.

Próximos passos

Caso a maioria simples dos dez membros aceite a denúncia, Witzel será afastado por 180 dias, ficando “duplamente afastado”. Ele já está fora do cargo por decisão do Superior Tribunal de Justiça.

Caso seja afastado, Witzel terá esse período para apresentar sua defesa ao Tribunal Misto. Na votação final são necessários sete votos para cassar o mandato do governador afastado.

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

2 Comentários

  1. Como é complicado cassar um governador por corrupção. O sistema foi desenhado para proteger aqueles que roubam o dinheiro público.

    Responder
  2. Use “serão” ao invés de “vão ser”. Fica bem melhor.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter

Colunistas

Vacinação sem vacina

Falar em obrigar a população inteira a se vacinar — com uma vacina que não existe — significa o quê? Um negócio da China?

Supremas diferenças

Ao compararmos o STF à Suprema Corte dos Estados Unidos, o choque é violento

A coerção e o coronavírus

A necessidade de restrições ocasionais não deve abalar os fundamentos do verdadeiro liberalismo, sustentado no “inovismo” e no “adultismo”

Uma nova doença: o vício em desculpas

Poucas figuras públicas têm a força de caráter para se recusar a pedir desculpas aos identitaristas, que gostam de desempenhar o papel de vítimas permanentes

Você não pode perder

Ciência, que é bom, nada

Ciência, que é bom, nada

"Desde o começo da epidemia a discussão vem sendo assim: política em primeiro lugar", afirma J.R. Guzzo...

A VOZ DAS REDES

Uma seleção de tuítes que nos permitem um olhar instigante do mundo, ajudam a pensar e divertem o espírito

LEIA MAIS

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês