Conta de Salles no Twitter é apagada - Revista Oeste

Edição da semana

Em Em 29 out 2020, 10:10

Conta de Salles no Twitter é apagada

29 out 2020, 10:10

Ministro do Meio Ambiente teria chamado o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, de ‘Nhonho’

conta de salles no twitter

Salles tem sido alvo de ataques de Maia nas redes sociais | Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A conta no Twitter do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, foi apagada nesta quinta-feira, 29, depois de um episódio envolvendo o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Na noite da quarta-feira 28, o perfil do integrante do Executivo referiu-se ao demista como “Nhonho”, personagem do seriado mexicano Chaves. “Fui avisado há pouco que alguém se utilizou indevidamente da minha conta no Twitter para publicar comentário junto a conta do presidente da Câmara dos Deputados, com quem, apesar de diferenças de opinião sempre mantive relação cordial”, publicou Salles, na manhã de hoje. Pouco depois dessa nova postagem, a conta do ministro na rede social foi apagada. Interpelado se foi ele quem deletou o perfil ou se a página foi invadida, o ministro respondeu: “Fiz o procedimento de segurança”.

Leia também: “Depois de Salles, Maia aponta artilharia para Guedes”

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

4 Comentários

  1. Certíssimo!! O Palácio do Planalto tá cheio de militar querendo o CONTROLE DE TUDO!!
    Bolsonaro acredita que está seguro ali… ingenuidade!!

    Responder
    • Os verdadeiros ALIADOS CONSERVADORES de Bolsonaro foram, ESTRATEGICAMENTE, tirados do Palácio do Planalto e das lideranças no Congresso. Ele agora recebe o COMANDO DO CENTRÃO, na pessoa do RAMOS e FABIO FARIA.

      Responder
      • O tuíte era tão insólito que me custava crer que fosse do Ministro Salles. E, não sendo, mais uma vez terão agido sabotadores. Vélez, por sua ingênua confiança nas criaturas, viveu um inferno no pouco tempo que durou no Ministério da Educação. E, por confiar nos demônios, caiu.

        Os bons do governo estão cercados pelos maus. Presencial e virtualmente. Precisam ser prudentes, precavidos e desconfiados. E lançar mão da varredura constante em seus gabinetes.

        Responder
  2. E a postagem do senhor Rodrigo “Botafogo Nhonho” Maia sobre o ministro ? Ninguém reclama ? Penso que o deputado não está à altura do cargo (presidente da Câmara dos deputados).

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter

Colunistas

O império dos sem-voto

Há cada vez mais pessoas que nunca receberam um único voto na vida, e não têm mandato nenhum, dizendo o que o cidadão deve ou não deve fazer

O mal de roupa nova

O Partido Democrata não esconde as intenções: quer mais coletivismo, menos autonomia dos Estados, maior controle exercido pelo Executivo central e intervenção na economia

A nova Torre de Babel

Ao contrário do mito bíblico, a torre atual está sendo edificada com base na confusão proposital das palavras por indivíduos desprovidos de inteligência e coragem

Segundo turno nupcial

“Ué, você tá torcendo pra mim?” / “Não sei. Estou indeciso”

A imprensa morre no escuro

A atividade que já foi chamada de “quarto poder” escorrega perigosamente para a irrelevância

O resgate de Tocqueville

O desprezo pelo cristianismo, tão comum em meios “progressistas”, representa um perigoso afastamento dos pilares norte-americanos

A coerção e o coronavírus

A necessidade de restrições ocasionais não deve abalar os fundamentos do verdadeiro liberalismo, sustentado no “inovismo” e no “adultismo”

Uma nova doença: o vício em desculpas

Poucas figuras públicas têm a força de caráter para se recusar a pedir desculpas aos identitaristas, que gostam de desempenhar o papel de vítimas permanentes

Você não pode perder

A VOZ DAS REDES

Uma seleção de tuítes que nos permitem um olhar instigante do mundo, ajudam a pensar e divertem o espírito

LEIA MAIS

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês