Coordenador de Doria ameaça voltar São Paulo para fase laranja

Edição da semana

Em 28 set 2020, 16:08

Coordenador de Doria ameaça voltar São Paulo para fase laranja

28 set 2020, 16:08

De acordo com médico José Medina, se número de infecções por coronavírus na cidade subirem devido a aglomerações do final de semana passado, cidade regride no plano de retomada

fase laranja, plano são paulo, josé medina, centro de contingência ao coronavírus de são paulo, cidade de são paulo, governo do estado de são paulo, joão gabbardo, joão doria

O médico e coordenador do Centro de Contingência ao Coronavírus do Estado de São Paulo João Medina | Foto: Governo do Estado de São Paulo

O coordenador executivo do Centro de Contingência ao Coronavírus do Estado de São Paulo, João Gabbardo, afirmou nesta segunda-feira, 28, que não espera um aumento no número de casos da doença na capital paulista nas próximas semanas.

Ainda assim, seu colega médico e também coordenador do mesmo centro de contingência, José Medina, fez questão de frisar, na mesma coletiva, que não descarta voltar a cidade para a fase laranja do Plano São Paulo caso as infecções aumentem devido às supostas aglomerações do final de semana passado .

“Se crescer o número de casos, vamos seguir o que diz o plano São Paulo: ao invés de ir para a fase verde, volta para o laranja”, ameaçou Medina, mesmo com os dados apontando que o município já vê a pandemia ir embora.

De acordo com dados do boletim estadual da covid-19, na semana passada, entre 20 e 26 setembro, houve queda de 14,2% no número de infecções confirmadas e de 14,1% no número de mortes sobre igual período anterior.

Na fase amarela do plano de retomada desde 26 de junho, São Paulo já poderia passar no próximo dia 9 de outubro para a fase verde, penúltimo  e segundo menos restritivo nas orientações do governo paulista.

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

10 Comentários

  1. É só adotar tratamento preventivo e precoce (nos primeiros dias dos sintomas) que não haverá aumento, pelo menos expressivo, de internação e, portanto, os sistemas privado e público de saúde não irão colapsar. Os hospitais de campanha até foram desativados. Cada um sabe da sua vida. As pessoas dos grupos de risco também sabem de sua vida. Se devem ou não sair de casa, retomar suas atividades, receber visitas, participar de reuniões familiares ou com amigos, etc.

    Responder
    • Exatamente, Marisa!

      Responder
    • Em geral ninguém segue mais isto Que o governo estadual.pensa estar sendo seguido, principalmente na periferia.. e se voltarem para alguma restrição não haverá adesão. O povo não voltará atrás, ao meu ver.

      Responder
  2. Isso é uma ameaça política sem cabimentos, são irresponsáveis, essa
    ideia estapafúrdia não tem cabimento, porque acabaram de desmontar
    hospital de campanha do Morumbi, porque não esperaram esses
    acontecimentos, que logicamente não tem como serem contidos, usem
    então o bom senso com a prevenção necessárias, não penalizem o Comercio
    e Industria, isso é chantagem.

    Responder
  3. Não Dorinha… Você tem que mudar S.Paulo para a fase Rosa Shokk, combina mais com sua personalidade, boneca.

    Responder
  4. É realmente, muito triste, o Estado de São Paulo, ter um governador como o Dória.
    É notória, a sua desmedida ganância, o seu anseio, em ser o presidente da República, e para tanto, é capaz das mais demagógicas e manipuladora atitudes.
    Além, de ser alguém, em que não se pode confiar.
    Alguém que se tornou, um Dealer do PCCh, e quer obrigar à todos, não apenas os paulistas, mas todos os brasileiros, a tomarem uma vacina chinesa.
    O Dória, é um projeto de tiranetes.
    Alguém muito perigoso e que já chegou longe demais.
    Um traidor e compatriota, que precisa ser contido, impedido e expurgado da vida pública.
    Um lobo em pele de cordeiro.
    Não podemos reelege lo e muito menos, permitir que chegue a presidência da República.
    À única ciência, que este desprezível político conhece, é aquela, que servir aos seus interesses e ao de seus patronos do repugnante, PCCh.
    #Doriainimigopublico

    Responder
  5. É bom que eles dobrem a segurança se fizerem essa aposta… Ou até tripliquem. O povo está muito próximo do seu limite. E escreve aí: a polícia não irá proteger esses déspotas.

    Responder
  6. Vocês paulistas tinham outra opção como o Major Costa e Silva e aquele cara do PRTB, mas não, ficaram miopes com ditadoria e foro de são paulo frança! Agora tão pagando pela própria ignorância e falta de enxergar além das opções que lhe são dadas!

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter

Colunistas

Vacinação sem vacina

Falar em obrigar a população inteira a se vacinar — com uma vacina que não existe — significa o quê? Um negócio da China?

Supremas diferenças

Ao compararmos o STF à Suprema Corte dos Estados Unidos, o choque é violento

A coerção e o coronavírus

A necessidade de restrições ocasionais não deve abalar os fundamentos do verdadeiro liberalismo, sustentado no “inovismo” e no “adultismo”

Uma nova doença: o vício em desculpas

Poucas figuras públicas têm a força de caráter para se recusar a pedir desculpas aos identitaristas, que gostam de desempenhar o papel de vítimas permanentes

Você não pode perder

Ciência, que é bom, nada

Ciência, que é bom, nada

"Desde o começo da epidemia a discussão vem sendo assim: política em primeiro lugar", afirma J.R. Guzzo...

A VOZ DAS REDES

Uma seleção de tuítes que nos permitem um olhar instigante do mundo, ajudam a pensar e divertem o espírito

LEIA MAIS

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês