-Publicidade-

Correios voltam ao noticiário policial após operação da PF

Funcionários de filial no Rio de Janeiro são suspeitos de desviar mercadorias

Funcionários de filial no Rio de Janeiro são suspeitos de desviar mercadorias

correios voltam ao noticiário
Conforme a Justiça, as investigações se iniciaram em janeiro do ano passado
Foto: Divulgação/PF

A Polícia Federal (PF) realizou na manhã desta terça-feira, 24, a Operação Replicante, para desarticular um esquema de fraudes e desvios de encomendas nos Correios, no Rio de Janeiro. Ao todo, cumpriram-se nove mandados de busca e apreensão, com o auxílio de 50 agentes da PF. Os mandados foram expedidos pela 10ª Vara Federal Criminal do Rio. Na mira da PF, os bairros de Bento Ribeiro, Campinho, Coelho Neto, Engenho da Rainha, Madureira, Piedade e Tomás Coelho, além do próprio Centro de Distribuições dos Correios, em Benfica — o maior centro de distribuição de encomendas da empresa, localizado na zona norte da cidade.

Conforme a Justiça, as investigações se iniciaram em janeiro do ano passado e revelaram que funcionários dos Correios do CTE de Benfica selecionavam encomendas de alto valor, como celulares e outros eletrônicos, e as desviavam dos Correios por meio de troca de etiquetas. Ao todo, as irregularidades chegam a R$ 1 milhão. “O esquema criminoso envolvia a substituição de etiquetas verdadeiras — que continham dados da entrega — por etiquetas falsas. O grupo utilizava número de postagens já utilizadas para elaborar as falsas etiquetas […], fazendo com que as encomendas aparentemente desaparecessem do fluxo postal”, informou a PF, em nota.

Leia também: “PF encontra R$ 3,5 milhões com investigado por fraude aos Correios”

-Publicidade-
Envie-nos a sua opinião, sugestão ou crítica! Fale conosco
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

2 comentários

Envie um comentário

Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês