Covidão do RJ: MP isenta Witzel em inquérito - Revista Oeste

Em 5 ago 2020, 14:09

Covidão do RJ: MP isenta Witzel em inquérito

5 ago 2020, 14:09

Procuradoria não vê indícios de participação do governador em ação de improbidade administrativa

covidão do rj - wilson witzel - ministério público

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel | Foto: WILSON DIAS/AGÊNCIA BRASIL

Alvo de processo de impeachment, o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, obteve decisão favorável junto ao Ministério Público (MP) do Estado. Isso porque inquérito divulgado ontem isenta o mandatário em ação específica relacionada ao chamado “Covidão do RJ”.

Leia mais: “Justiça Eleitoral bloqueia R$ 11 milhões de Alckmin”

A procuradoria isentou Witzel de ação por improbidade administrativa por causa de compra sem licitação de testes rápidos para detecção da covid-19. O valor da aquisição custou R$ 129 milhões aos cofres da máquina pública fluminense. De acordo com os membros do MP, não há indícios da participação do político do PSC nas irregularidades investigadas.

Comemoração

Pelo Twitter, Wilson Witzel comemorou o parecer por parte Ministério Público em relação ao caso no âmbito do Covidão do RJ. Aproveitou para defender sua inocência em quaisquer outras ações. Afinal, afirma nunca ter cometido irregularidades. “Só reforça o que sempre afirmei: jamais compactuei com qualquer tipo de irregularidade. Reitero que determinei aos órgãos de controle do Estado o máximo empenho na apuração de todas as denúncias”, publicou o governador.

 

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

8 Comentários

  1. O mesmo MP que divulga informações sigilosas do inquérito das rachadinhas, que só aparece o Flávio Bolsonaro na imprensa. Çei!

    Responder
    • Um total de zero pessoas acredita nesse MP do Rio.

      Responder
      • Uma roubalheira desse tamanho e ele não sabia. É o novo Lula! O MP do Rio só age contra a família Bolsonaro. Não viu nada contra Cabral, Garotinho, Pezão e agora Whitzel. E o André Ceciliano?

        Responder
    • CREDIBILIDADE ZERO, desse Ministério Público “puxadinho” de corrupto, bem como tudo que tem naquele estado apodrecido de corrupção em todos os sentidos. Cadeia ali teria que ser em Júpiter, por ter espaço suficiente, pra tanto bandido

      Responder
  2. No Rio tudo é possível. É um estado sem solução.

    Responder
  3. desde,quando Ministério Publico condena ou absolve alguém,só no Rio de patifarias.fala serio

    Responder
  4. O RJ tem de ser exorcizado, não é nem mais caso de polícia, MP, politicos, etc, etc, etc

    Responder
  5. Esse cara não se elege nem vereador de cidade pequena. Credibilidade zero.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa news

Coronavírus

Oeste Notícias