Covidão: Governador do Amazonas é alvo da PF - Revista Oeste

Em 30 jun 2020, 08:25

Covidão: Governador do Amazonas é alvo da PF

30 jun 2020, 08:25

Agentes cumprem 8 mandados de prisão temporária e fazem buscas em 14 endereços ligados a Wilson Lima

covidão do amazonas

O governador do Amazonas, Wilson Lima, é suspeito de estar envovido no Covidão amazonense
Foto: DIEGO PERES/SECOM/AMAZONAS

A Polícia Federal (PF) cumpre, na manhã desta terça-feira, 30, oito mandados de prisão temporária e 14 de busca e apreensão contra fraudes e desvios na compra de respiradores no Amazonas.

Agentes estão em endereços de pessoas ligadas ao governador Wilson Lima (PSC-AM), que também é alvo da operação. As medidas foram autorizadas pelo ministro do Superior Tribunal de Justiça Francisco Falcão.

Entre as medidas, há o bloqueio de bens no valor de R$ 2 milhões.

Em síntese, a investigação apura organização criminosa que estaria instalada no governo do Amazonas. O objetivo, portanto, seria desviar recursos públicos destinados ao combate ao coronavírus.

De acordo com a Justiça, o esquema tem a participação do governador. Assim sendo, foram identificadas compras superfaturadas, lavagem de dinheiro e montagem de um estrutura para encobrir os crimes.

Esquema

O Ministério Público Federal (MPF) garante que o governo do Estado comprou, com dispensa de licitação, 28 respiradores de uma importadora de vinhos. Neste contrato a suspeita de superfaturamento é de, pelo menos, R$ 496 mil.

Os equipamentos vendidos pela importadora foram adquiridos de uma empresa fornecedora de equipamentos de saúde por R$ 2,4 milhões e revendidos, no mesmo dia, por R$ 2,9 milhões ao Estado.

Leia também: “O ataque do Covidão”, reportagem publicada na edição n° 7 de Oeste

Em nota, o MPF informa que as investigações permitiram evidenciar que se está diante da atuação de uma verdadeira organização criminosa instalada nas estruturas estatais do governo do estado do Amazonas.

“Os fatos ilícitos investigados têm sido praticados sob o comando e orientação do governador do estado do Amazonas, Wilson Lima, o qual detém o domínio completo dos atos relativos à aquisição de respiradores”, conclui o MPF.

Em atualização

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

4 Comentários

  1. Certamente estão começando pelo Norte, muito tempo demorarão no Nordeste e estacionarão na Bahia. A face vermelha do Brasil é cruel com o POVO q os elegeu nos últimos tempos.
    Reorganizar o PAÍS é reestruturar o funcionalismo público, dotando os órgãos de fiscalização e controle daqueles não infiltrados, q optaram por servir ao aparelhamento. O povo sofrido pede a verdadeira justiça dos homens,vá é eliminar da sociedade esses párias aproveitadores.
    Que a Polícia Federal continue cumprindo o seu papel, que seja o símbolo maior da redescoberta do Brasil.

    Responder
    • A limpeza precisa continuar a ser feita. A dedetização dos órgãos públicos e do funcionalismo público e fundamental. O senado precisa fazer sua parte e sabe a que me refiro. Vamos cobrar agora e nas urnas a omissão que assistimos do senado, submetido a trama de alcolumbre.

      Responder
  2. O pai do Covidão é o STF, mas o articulador do esquema é o Doria. POR QUE AS INVESTIGAÇÕES NÃO AVANÇAM EM S. PAULO? QUEM ESTÁ IMPEDINDO AS OPERAÇÕES DA PF NO GOVERNO DORIANO E COVEIRO??

    Responder
  3. Não há mal que não sirva ao bem. A atitude do STF terminou sendo uma isca para estes canalhas ávidos por dinheiro público se tornassem mais audaciosos, achando que nada iria lhes acontecer. Agora vamos ver as prisões em fila destes genocidas. E que sejam julgados não apenas pelos desvios do dinheiro público, mas pelas mortes que tiveram suas participações.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa news

Coronavírus

Oeste Notícias