Covidão: Três são presos na Bahia - Revista Oeste

Em 1 jun 2020, 10:27

Covidão: Três são presos na Bahia

1 jun 2020, 10:27

No âmbito da Operação Ragnarok, empresa que recebeu R$ 48 milhões é suspeita de não entregar respiradores ao Consórcio do Nordeste

três são presos no covidão

Operação Ragnarok apura irregularidades na venda de equipamentos para tratar a covid-19
Foto: ELÓI CORRÊA/GOVBA

A Polícia Civil da Bahia prendeu na manhã desta segunda-feira, 1, três pessoas supostamente ligadas a empresa que vendeu e não entregou respiradores ao Consórcio do Nordeste.

Enquanto esta reportagem é redigida, os agentes de segurança cumprem 15 mandados de busca e apreensão em Salvador, São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília.

No âmbito da Operação Ragnarok, a empresa alvo da operação se chama Hempcar.

Leia mais: O ataque do Covidão, reportagem publicada na edição 7 de Oeste

De acordo com a polícia, o grupo é especializado em estelionato, através de fraude na venda de equipamentos hospitalares.

Conforme apontam as investigações, a empresa recebeu R$ 48 milhões por um conjunto de respiradores, não os entregou e ainda não devolveu o recurso.

As autoridades informam que a empresa se apresenta como revendedora dos produtos. Mais de 100 contas bancárias vinculadas ao grupo foram bloqueadas pela Justiça.

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 Comentário

  1. Conclusão: Grande parte do povo brasileiro nasce com o DNA criminoso e durante sua porca vida não recebe o mínimo de educação patriótica. Que vergonha!

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa news

Coronavírus

Oeste Notícias