Damares sobe o tom contra filme acusado de erotizar crianças

Em 16 set 2020, 10:00

Damares sobe o tom contra filme acusado de erotizar crianças

16 set 2020, 10:00

“Não faremos concessões a nada que normalize a pedofilia”, afirmou a ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos

damares

A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves
Foto: MARCELLO CASAL/AGÊNCIA BRASIL

A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, se manifestou contra a exibição do filme da Netflix Cuties, chamado de “Lindinhas”, no Brasil. A obra é acusada por vários líderes mundiais e internautas de sensualizar meninas e normalizar a pedofilia. “É abominável uma produção como a desse filme. Meninas em posições eróticas e com roupas de dançarinas adultas”, escreveu Damares no Instagram.

“Não faremos concessões a nada que erotize ou normalize a pedofilia! Quero aproveitar e dar um recado aos pedófilos que por anos têm vindo ao Brasil abusar de nossas crianças: no Brasil existe um governo que se importa de verdade em proteger as crianças e as famílias”, acrescentou. Além disso, a pasta estuda medidas judiciais para impedir a veiculação do filme no país, conforme noticiou o jornal Gazeta do Povo.

Leia também a entrevista que Damares Alves concedeu à Revista Oeste

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 Comentário

  1. Netflix lixo.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter

Coronavírus

Revista Oeste — Edição 27 — 25/09/2020

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês