Governador em exercício do RJ participava de desvios, garante delator

Edição da semana

Em 26 set 2020, 11:33

Governador em exercício do RJ participava de desvios, garante delator

26 set 2020, 11:33

Ex-secretário de Saúde afirma que esteve no gabinete do presidente da Alerj, André Ceciliano (PT), para tratar do assunto

governador

Com o afastamento de Witzel, Claudio Castro assumiu o governo do Rio | Foto: Alexandre Pontes/Estadão Conteúdo

Em sua delação premiada, o ex-secretário estadual de Saúde do Rio de Janeiro Edmar Santos afirmou que o presidente da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), André Ceciliano (PT), deixou claro que parte dos R$ 100 milhões doados pelo Legislativo para o combate ao coronavírus seria desviada em um esquema de transferência de valores a prefeituras do interior, sob a influência dos deputados da Casa. A informação é do jornal O Globo.

De acordo com Edmar, o dinheiro da propina seria dividido com o então vice-governador, Cláudio Castro, que substituiu Wilson Witzel no cargo, e com o ex-secretário estadual da Casa Civil André Moura (PSC). Moura, hoje, atua no escritório de representação do Estado em Brasília. Na delação, Edmar conta que esteve no gabinete de Ceciliano para tratar do assunto.

Toda a movimentação de recursos seria estruturada em cima de excedentes dos duodécimos da Alerj — valor transferido pelo Tesouro Estadual para o custeio do órgão. Diante das dificuldades de caixa do Executivo, a Alerj propôs doar as sobras. Mas, agora, o ex-secretário de Saúde alega ter sido uma manobra para beneficiar o esquema de desvio de verbas da Saúde durante a pandemia.

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 Comentário

  1. Tratar do assunto = propina.

    SAFADOS!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter

Colunistas

Vacinação sem vacina

Falar em obrigar a população inteira a se vacinar — com uma vacina que não existe — significa o quê? Um negócio da China?

Alerta: pesquisas à vista!

Por que as sondagens eleitorais erram tanto, como isso distorce o processo democrático e o que se pode fazer

Supremas diferenças

Ao compararmos o STF à Suprema Corte dos Estados Unidos, o choque é violento

A coerção e o coronavírus

A necessidade de restrições ocasionais não deve abalar os fundamentos do verdadeiro liberalismo, sustentado no “inovismo” e no “adultismo”

Uma guerra civil nos EUA?

A mídia recusa-se a noticiar o que é evidente aos olhos de seus espectadores, e intelectuais argumentam que “saques e protestos violentos são vivenciados como eventos alegres e libertadores”

Você não pode perder

A VOZ DAS REDES

Uma seleção de tuítes que nos permitem um olhar instigante do mundo, ajudam a pensar e divertem o espírito

LEIA MAIS

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês