Deputado comunista nega que PL das 'fake news' seja censura

Edição da semana

Em 27 jul 2020, 10:15

Deputado comunista nega que PL das ‘fake news’ seja censura

27 jul 2020, 10:15

Caso aprovada, a legislação vai cercear a liberdade das pessoas. Internautas chamam o projeto de “lei da mordaça”

deputado comunista

O deputado federal Orlando Silva (PCdoB-SP) | Foto: DIVULGAÇÃO/AGÊNCIA BRASIL

O deputado federal Orlando Silva (PCdoB-SP) afirmou que o projeto de lei que trata das fake news não é censura. “Isso é notícia falsa, discurso político”, garantiu Silva em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo ontem, domingo 26.

Conforme veiculou Oeste, o diretor de Políticas Públicas do WhatsApp para a América Latina, Paulo Bello, garante que a nova legislação vai permitir ao Estado monitorar milhões de brasileiros. “[É a] mesma coisa que uma tornozeleira eletrônica”, declarou Bello.

Mas o parlamentar comunista jura que o projeto não pode ser confundido com cerceamento da liberdade de expressão. “Não pode ser confundido com isso”, declara Silva, que comanda um grupo de debates sobre o projeto na Câmara dos Deputados.

No entanto, o PL que volta a ser debatido nesta semana na Casa vai, sim, limitar a liberdade das pessoas. Segundo o colunista de Oeste J. R. Guzzo, a nova legislação é pior que o Ato Institucional n° 5, baixado pelo governo Costa e Silva, no regime militar.

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

6 Comentários

  1. Se a intenção é cercear a Liberdade só de um lado, o lado direito, este projeto de Lei pode ser identificado como ” DERRAME “.

    Responder
  2. PC do B e foice de São Paulo tudo a ver.

    Responder
  3. Basta ver o histórico desse monte de estrume. Comunista bom é a sete palmos de profundidade.

    Responder
    • Censura está na raiz dos partidos comunistas mundo afora, no Brasil não seria diferente. Comunismo e Democracia são como água e óleo não se misturam nunca.

      Responder
  4. Comunista e censura tem tudo haver.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter

Colunistas

O crime acima de todos

Não é que as instituições estejam funcionando mal, ou passando por alguma anomalia — ao contrário, elas são organizadas de maneira a tornar inevitáveis resultados como o que beneficiou André do Rap

O “cancelamento” contra a arte

Caso a sociedade se submeta a essa versão gourmetizada do stalinismo, nossos filhos e netos não terão o que ler, ouvir ou assistir

A segunda onda de hipocrisia

Em que pesem as comprovações de ineficácia dos lockdowns, enganadores como Emmanuel Macron fingem ter um mapa de bloqueio de contágio

Alerta: pesquisas à vista!

Por que as sondagens eleitorais erram tanto, como isso distorce o processo democrático e o que se pode fazer

O capitalismo pode salvar o mundo?

O sistema não é uma ideologia de laboratório, como o comunismo. É uma força viva, dinâmica, que há milênios se aperfeiçoa na satisfação das necessidades humanas

A coerção e o coronavírus

A necessidade de restrições ocasionais não deve abalar os fundamentos do verdadeiro liberalismo, sustentado no “inovismo” e no “adultismo”

Uma guerra civil nos EUA?

A mídia recusa-se a noticiar o que é evidente aos olhos de seus espectadores, e intelectuais argumentam que “saques e protestos violentos são vivenciados como eventos alegres e libertadores”

Você não pode perder

A VOZ DAS REDES

Uma seleção de tuítes que nos permitem um olhar instigante do mundo, ajudam a pensar e divertem o espírito

LEIA MAIS

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês