Prefeitura do Rio começa a desativar leitos de covid-19 - Revista Oeste

Em 2 jul 2020, 18:21

Prefeitura do Rio começa a desativar leitos de covid-19

2 jul 2020, 18:21

Apenas hospital de campanha do Riocentro e Ronaldo Gazolla, em Acari, devem continuar com leitos voltados à doença no fim da pandemia

desativação, leitos, covid-19, cidade do rio de janeiro

Hospital Souza Aguiar já teve vagas de covid-19 liberadas | Foto: Divulgação

A Prefeitura do Rio de Janeiro vai começar a desativar leitos exclusivos da covid-19 na cidade.

A intenção com o tempo, de acordo com o município, é manter leitos reservados à doença apenas no Hospital Ronaldo Gazolla, em Acarí, e o hospital de campanha do Riocentro, na Barra da Tijuca. Os demais leitos serão redirecionados para atender a outras especialidades médicas.

“O número de internações por coronavírus está caindo e estamos redirecionando os leitos. Se houver uma segunda onda de contágio, esses leitos podem ser reconhecidos mais rapidamente na fase atual. Antes, o cronograma dependia de termos equipamentos para tratar a doença” afirmou a secretária Municipal de Saúde, Ana Beatriz Busch.

A desativação dos leitos começou no dia 26 de junho, por leitos clínicos. Dos 1.024 que estavam direcionados para pacientes com covid-19, restam 882 leitos.

A desativação das vagas de UTIs ainda está em fase de planejamento pela secretaria.

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa news

Coronavírus

Oeste Notícias