Discurso mais ameno de Bolsonaro é vitória de Braga Neto e general Ramos - Revista Oeste

Em 31 mar 2020, 22:14

Discurso mais ameno de Bolsonaro é vitória de Braga Neto e general Ramos

31 mar 2020, 22:14

Os dois ministros convenceram o presidente que um posicionamento mais ameno sinalizaria que o governo busca conciliação nacional

O tom mais ameno e conciliatório adotado pelo presidente Jair Bolsonaro no pronunciamento em cadeia de rádio e TV nesta terça-feira, 31, é uma vitória pessoal dos ministros general Walter Souza Braga Netto, da Casa Civil, e general Luiz Eduardo Ramos, da Secretaria de Governo.

A ideia do pronunciamento veio do próprio presidente, mas o tom do discurso foi dado com o auxílio de Braga Netto e Ramos, conforme apurou Oeste junto à auxiliares de Bolsonaro. Ambos convenceram o chefe do Poder Executivo que um posicionamento mais ameno sinalizaria uma busca pela conciliação nacional em prol do combate ao coronavírus, inclusive com o Congresso e o Poder Judiciário. O texto foi escrito por Bolsonaro, com recomendações dos dois ministros.

MAIS: Em pronunciamento, Bolsonaro defende retomada econômica pós-pandemia

Durante os 8 minutos de pronunciamento, Bolsonaro defendeu o isolamento vertical, mas alertando para a necessidade de se ter “cautela e precaução com todos, principalmente junto aos mais idosos e portadores de doenças pré-existentes”. Do outro lado, também manifestou preocupação com os trabalhadores informais, os mais atingidos economicamente pela pandemia no Brasil. “Precisamos pensar nos mais vulneráveis. Essa tem sido a minha preocupação desde o princípio. O que será do camelô, do ambulante, do vendedor de churrasquinho, da diarista, do ajudante de pedreiro, do caminhoneiro e dos outros autônomos, com quem venho mantendo contato durante toda minha vida pública”, disse Bolsonaro.

Confira na íntegra o pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

8 Comentários

  1. hoje foi bom o tom, mas o da semana passada precisava ser duro pra tirar o pais do transe coletivo e estimular o debate.

    Responder
    • Concordo, Alvaro.

      Responder
      • Excelente observação!!

        Responder
    • Concordo plenamente, Álvaro,

      Responder
  2. Sem muitas palavras; é um Estadista!
    👏👏👏👏👏

    Responder
  3. Oportunista de sempre, os CARONAVÍRUS, pegam carona na crise para criticar, fazer denúncias, manifestos e coisas do gênero.

    Responder
  4. Excelente!

    Responder
  5. Parabéns Presidente Bolsonaro.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa news

Coronavírus

Oeste Notícias