Distrito Federal espera mais 200 respiradores do MS para completar reabertura do comércio - Revista Oeste

Em 4 jul 2020, 09:37

Distrito Federal espera mais 200 respiradores do MS para completar reabertura do comércio

4 jul 2020, 09:37

Entrega de respiradores pelo Ministério da Saúde possibilitará a reabertura do comércio no DF. Vão reabrir academias, salões de beleza, bares e restaurantes

Deputado Luis Miranda (DEM-DF) é aliado do governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), e um dos articuladores responsáveis por levar os respiradores à população
Foto: Maryanna Oliveira/Câmara dos Deputados

O Governo do Distrito Federal (GDF) e o Ministério da Saúde estão, enfim, em sintonia fina. Após cerca de três meses de aguardo, a gestão distrital recebeu 150 respiradores do governo federal na última semana e, neste fim de semana, aguarda mais 50. E não para por aí. A previsão é que, na próxima semana, mais 200 respiradores sejam entregues.

Hoje, a Secretaria de Saúde do GDF conta com 800 respiradores. Com os 50 que chegam neste fim de semana e a previsão dos 200 que chegam na próxima semana, a gestão do governador Ibaneis Rocha (MDB) ultrapassará os 1 mil respiradores.

Essa foi a condição estabelecida para se reabrir totalmente o comércio, apesar de ele já ter definido os prazos em decreto publicado na quinta-feira, 2. “Se os 200 que faltam forem entregue na próxima semana, dará tempo de equipar as UTIs [unidades de terapia intensiva] e, até o dia 15, quando estima que reabriremos os bares e restaurantes, estarmos prontos para isso”, explica o deputado Luis Miranda (DEM-DF), vice-líder do partido.

O parlamentar é, hoje, o principal aliado de Ibaneis na Câmara. Na quarta-feira, 1º, ele passou quase a tarde inteira tomando conhecimento das medidas adotadas pelo governador. “Baseado na equipe técnica do GDF e nos estudos propostos, estou convencido de que as medidas estão corretas. Elas atendem dados médicos, clínicos, estatísticos e a possibilidade de reabertura como foi feito em outros países. Ele está fazendo o correto e tem meu total apoio”, destaca.

Lockdown

A chegada dos 150 respiradores na última semana abriu caminho para a reabertura do comércio. O GDF chegou, de fato, a cogitar o lockdown. Quando se estudou isso, a ocupação de UTIs estava em torno de 85%. Com a vinda dos equipamentos, a taxa caiu para 65,2%.

Os 50 respiradores que serão entregues neste fim de semana dão respaldo para a decisão de reabertura de academias e salões de beleza, previsto para terça-feira, 7. O critério para isso era ultrapassar a meta de 800 respiradores. Já a reabertura de bares e restaurantes, projetada para 15 de julho, fica condicionada à vinda dos 200 equipamentos restantes.

A entrega dos respiradores faz parte de uma articulação iniciada pelo GDF e Miranda no início da pandemia. Tanto que os 150 respiradores recebidos na última semana são oriundos de uma demanda protocolada pelo vice-líder do DEM em março. E não foi coincidência terem recebido só quando Ibaneis ameaçou decretar o lockdown.

No grito

O governador do DF e o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, chegaram a se reunir e jantar para discutir o envio dos respiradores. Ainda assim, diz Miranda, os equipamentos foram enviados quase no “grito”. “Ou o Ministério da Saúde fornecia equipamentos para termos unidades prontas ou teríamos que ir para um nível extremo”, diz Miranda.

A reabertura do comércio não significa, entretanto, que Ibaneis não descarta recuar. Se a taxa de ocupação de UTIs voltar a 85%, o governador cogita decretar uma nova quarentena. Feito isso e chegando a 95%, aí, sim, será decretado o lockdown. “Isso vai ajudar a balizar a reabertura das escolas. Vamos esperar esse grupo novo de pessoas que irão às ruas, ver o impacto e a lotação de UTIs”, explica o deputado.

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa news

Coronavírus

Oeste Notícias