Doria aconselha Paulo Guedes: "Desembarque do governo agora" - Revista Oeste

Em 1 Maio 2020, 10:38

Doria aconselha Paulo Guedes: “Desembarque do governo agora”

1 Maio 2020, 10:38

O diálogo entre o governador de São Paulo e o ministro da Economia ocorreu no último final de semana

O Ministro da Economia, Paulo Guedes, segue firme no governo do presidente Jair Bolsonaro Foto: DIDA SAMPAIO/ESTADÃO CONTEÚDO

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), telefonou para o ministro da Economia, Paulo Guedes, no último fim de semana. Paulo Guedes relatou a empresários e outros ministros o teor da conversa que teve com Doria, noticiada pelo site Poder360, na noite desta sexta-feira 30. A publicação disse ter ouvido cinco pessoas que relataram a mesma versão do diálogo:

João Doria – Paulo, estou te ligando não como governador, mas como amigo. Quem sustentava governo era o Sergio Moro e você. Agora, sobrou você. Você é muito admirado. Em nome da sua biografia, quero te dar um conselho: desembarque do governo agora.

Paulo Guedes – João, eu agradeço sua ligação, mas não sou eu que sustento o governo Bolsonaro. Quem sustenta o governo é o povo que elegeu o presidente. Ele tem um terço de apoio. E outro um terço que fica no meio do caminho depois vai apoiá-lo. João, o país vive um momento democrático que é barulhento, mas virtuoso.

A divulgação da conversa entre Guedes e Doria foi estimulada pelo próprio presidente Jair Bolsonaro (sem partido) que teria dito: “PG, conta o que o ‘gravatinha’ te falou outro dia”, referindo-se ao seu ministro da Economia pelas iniciais. Foi aí que o ministro descreveu o diálogo para os presentes.

O mundo político ainda estava sob os efeitos da demissão de Sergio Moro do Ministério da Justiça e a permanência de Paulo Guedes no governo estava em xeque. A iniciativa de João Doria de ligar para o ministro da Economia em plena eferverscência política foi interpretada por empresários e por Bolsonaro como atitude de quem quer desestabilizar o governo ao estimular a saída de Paulo Guedes.

Procurado, Paulo Guedes preferiu não falar. João Doria disse: Foi uma conversa pessoal. Não pública”. Não quis comentar o conteúdo do diálogo, de acordo com o Poder360.

 

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

20 Comentários

  1. Brilhante e educado Paulo Guedes neste diálogo. Agora Doria vai sendo desmascarado, e mostra quem é em atitudes assim. Porquê ninguém faz uma pesquisa avaliando ele?
    Sugiro o Doria fazer uma outra ligação perguntando como o Ministério da Saúde pagou R$ 23.000/ respirador e São Paulo – R$ 183.000….

    Responder
    • Que coisa bizarra. O país por uma crise sanitária deste porte e um ser desprezível como este só preocupado com política. Mesmo sabendo q a saída do Paulo Guedes seria desastrosa para o Brasil, ainda assim ele o aconselhou a fazê-lo. Esse senhor marqueteiro tem q ser varrido da política. É um câncer.

      Responder
      • A obstinação emburrece e cega. Está fazendo a sua própria cova.

        Responder
      • Por mais que saibamos que se trata de um almofadinha, arrivista, oportunista, mau caráter, ele ainda consegue nos chocar com seu furor manipulador que parecem não ter fim. Devemos nos preocupar realmente com o que essa figura possa estar fazendo em relação à pandemia para colocar mais lenha na fpgueira. O sujeito é uma fraide. PG mostrou o que é ter hombridade.

        Responder
        • *que parece

          Responder
    • Não surpreende, é o cidadão político mais abjeto hoje em atividade, traiu a todos com quem teve contato, um ser desprezível, isso não é política é banditismo.

      Responder
      • Esse “elemento” que é o atual governador de SP é uma das piores figuras públicas que surgiram nesse país. Protagonista do caos, do quanto pior melhor, por conta do projeto da esquerdalha de voltar ao poder. Um verdadeiro canalha.

        Responder
        • Esse Doriana não importa com o Brasil. É um ordinário.

          Responder
  2. Traiu Alckmin, Márcio França, Bolsonaro e agora está traindo os paulistas. Isso é doença. #ForaDoria

    Responder
    • Esse Doria é simplesmente nojento, asqueroso, sem vergonha, filhote de Montoro, Sarney, Mario Covas , e o pior deles FHC, um esquerdista que elevou a esquerda e tentou e tenta mantê-lo em evidência. Aproveitador da boa fé do povo, você jamais será presidente, governador ou prefeito, no máximo um obscuro vereador. Traidor!

      Responder
  3. Ser desprezível

    Responder
  4. Que lástima! Acreditamos nessa criatura para prefeito e nos abandonou. Candidatou-se a governador e, mais uma vez, lhe demos outra chance. Mas, agora, TraiDória chegou ao limite máximo do mal caratismo e da ambição política desmedida. Ainda mais, neste momento tão difícil que atravessamos. Que beleza de atitude! Se arrependimento matasse… . João TraiDória never more!

    Responder
  5. Lamentável, Dória cada vez mais não consegue ocultar seu lado real e asqueroso.
    Por sua vez, Bolsonaro também por seus desejos de Poder iguais aos do Doria e tantos outros governadores, acabou fazendo a cabeça do brilhante Paulo Guedes, e o fez de moleque de recado. Bolsonaro não conseguiu perverter o Moro, que por sua vez também não conseguiu ocultar suas contradições em relação á sua imagem e fama de O Mocinho da História Corrupta do Brasil.
    Se tudo isso estivesse ocorrendo com o Brasil já saindo do buraco não atingiria tal nivel de “gentalhismo”, no máximo ficaria apenas em gabinetes e vazamentos para jornalistas convenientemente mantidos calados, sem o povo nem sequer saber. Mas, não! Estamos em uma pandemia, e os Poderes da República cavando cada vez mais o buraco em que jogaram o Brasil? Estamos pho…

    Responder
  6. É como o senador Jorge Kajuru falou uma vez na tribuna do Senado:

    “Triste, Governador do Estado de São Paulo, João Doria – e eu trabalhei com ele por dois anos na Rede TV. Trata-se de um picareta social, que vendia entrevistas em seu programa Show Business, na época ao valor de R$150 mil, que ganhou dinheiro assim“…

    Só podemos ver o quão desonesto, inescrupuloso e pilantra é o Sr. João “Tranca Rua” Doria. É capaz de vender a mãe para alcançar o poder.

    Responder
    • É pensar que conheço muita gente que acha que é um bom governante. Nem a família ele conseguiu governar, pulou fora antes.

      Responder
  7. Alckimin, responsável pela candidatura do doria, minúsculo, deve passar noites de insônia de tanto arrependimento, doria acabou com a egemonia do PSDB no Estado de São Paulo. O povo não aceita quem trai os seus.A ambição maléfica do doria, vai destrui-lo.

    Responder
  8. LulaDoria; Um mentiroso marqueteiro, sem escrúpulo.
    E assim a mascara não só caiu mas, revelou, constatou-se o que já sabia. Doria é mais um inimigo do país, que lucra com a exploração política e do caos, às custas da destruição de empregos, empresas e vida das pessoas. Canalha.

    Responder
  9. Quem é que analisa os pedidos de impeachment desse canalha? Por que até agora isso não foi pra frente? FORA, DORIA!

    Responder
  10. João Gravatinha não passa de um canalha amoral. Melhor voltar a fazer seu colunismo social, pois não se elege mais nem para tesoureiro do Rotary.

    Responder
    • Dória em breve vai conhecer o que o povo pode fazer com um desqualificado desse tipo. A hora da revolta se aproxima.

      Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa news

Coronavírus

Oeste Notícias