Doria insiste na CoronaVac e tenta intimidar Bolsonaro

Edição da semana

Em Em 22 out 2020, 09:00

Doria insiste na CoronaVac e tenta intimidar Bolsonaro

22 out 2020, 09:00

“Se não houver recuo, sabemos quais medidas poderão ser adotadas”, afirmou o governador de São Paulo

coronavac, recursos, governo de são paulo, vacina, covid-19, jair bolsonaro, eduardo pazuello, ministério da saúde, vacina de oxford

Bolsonaro reafirmou que não vai adquirir o imunizante chinês | Foto: Divulgação/Governo de São Paulo

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou que vai aguardar até amanhã um recuo do Palácio do Planalto acerca da compra da Coronavac. Contudo, caso o presidente Jair Bolsonaro não se posicione, adotará medidas cabíveis para garantir o fornecimento da vacina. “[Eu e os governadores esperaremos] 48 horas. Se até sexta-feira não houver nenhuma medida de recuo por parte do governo federal para fazer o que deve fazer: apoiar as vacinas, inclusive a do Butantan. Nós sabemos quais medidas poderão ser adotadas. Seja por São Paulo, seja pelos governadores, que estão entristecidos, para não dizer frustrados”, declarou Doria, em entrevista coletiva, na noite da quarta-feira 21.

Conforme noticiou Oeste, Bolsonaro reafirmou que não vai adquirir o imunizante chinês. “Qualquer vacina, antes de ser disponibilizada à população, deverá ser comprovada cientificamente pelo Ministério da Saúde e certificada pela Anvisa”, escreveu o presidente da República, nas redes sociais. Além disso, o Ministério da Saúde, que havia sinalizado intenção de adquirir 46 milhões de doses da Coronavac, emitiu um documento segundo o qual não tem interesse de encomendar a mercadoria. No texto, a pasta garante que houve uma interpretação equivocada sobre a fala do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, relacionada à vacina do país asiático.

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

15 Comentários

  1. O engomadinho está tentando emparedar o goveno federal com uma proposta (ainda não está pronto para uso) de um pseudo imunizante com 35% de efeitos colaterais….
    Nao tomo essa porcaria de jeito nenhum…. a ciência dos países livres é plenamente capaz de fazer algo melhor que isso….

    Responder
    • Ele acha que manda mais que o presidente…

      Responder
  2. O Dória é um covarde, sempre se “encostando” em outros políticos, nesse caso governadores corruptos e da oposição, para atacar o governo. Não fez nada por SP como prefeito, presta um desserviço como governador e, para piorar, ataca o governo atual gerando instabilidade e picuinhas. Claro que seu objetivo é receber a “comissão”’pela compra da vacina chinesa, se é que já não recebeu, desestabilizar o governo e vender o Brasil, a começar por SP, para o partido comunista chinês.

    Responder
  3. Pro Ditadoria estar insistindo tanto na compra da vacina chinesa, é por que tem jaba envolvido.
    Não acredito em nada que o docinho fala, traidor, mentiroso, comunista, e ditador.
    Fora Dória, sua biografia já está acabada. Revolucionário de butique, cavalo de Tróia do PSDB.

    Responder
  4. NOVA CONSPIRAÇÃO ENTRE GOVERNADORES, ENCABEÇADA PELO DÓRIA. Não aprenderam nada com a pandemia!! É cada uma!!

    Responder
    • Lá vem o “PLANO B” FRAJOLA da pandemia. Agora a popularidade de Bolso dispara!

      Responder
      • Dorinha calcinha,tira a calça apertadinha,mostra o bum bum com preenchimento, e pega uma agulha do tamanho que vc esta acostumado a tomar ,e toma a vacina do seu mentor XiXi Ping sozinha.

        Responder
  5. Numa clara conspiração contra o governo central do meu País, governadores sob comando do PSDB de FHC, agora se reunem para tentarem uma última tacada em final de epidemia (falsa epidemia, gripezinha de m****, que inclusive sara de estresse, lombalgia, diarréia, câncer, doenças pulmonares, enfartos – pois como reduziram as mortandades por outras causas!!!).
    Se Zema tá nessa vai perder sua popularidade aquí em MG. Não tem que comprar pôrra alguma. Datafolha comunista desinformando sobre se a população quer a vacina. NÃO QUER. TEM MEDO como tem medo da esquerda voltar ao poder. Nenhuma vacina tem condições de ser confiável neste pequeno interregno. Não precisa ser médico, é só ler.
    E obrigar a população? Onde estamos vivendo Reinaldo Azevedo?

    Responder
    • Se está m**** dessa vacina é tão boa como prega estes governadores ladrões, porque a Europa e América do Norte ainda não a comprou?

      Responder
  6. Lobista desde sempre, importando-se mais com o lucro a qualquer custo, Dória, o genocida paulista, quer ganhar comissão com a venda de vacinas da China, de quem é um estafeta. O desgovernador petista da Bahia, um tal de Rui Costa, que rima com outra coisa, é estafeta dos russos para a venda de 50 milhões de doses da vacina do Putin. Quem duvidar, consulte o site saude.ba.gov.br Não sei se há precedente na História para esse tipo de coisa, mas soa muito suspeito, especialmente em se tratando de Dória e Rui Costa, essa pressa em vender vacinas ainda sem comprovação científica de eficácia e aprovação da Anvisa. Se Dória e Rui Costa estiverem pensando que chineses e russos vão tolerar descumprimento do que foi acordado com seus estafetas, o bagulho pode ficar doido pra eles. É só consultar os arquivos do que chineses e russos são capazes.

    Responder
  7. É decepcionante constatar que o mandato do Dória se resumiu a isso. Lamentável!

    Responder
  8. Pq tanto desespero de Dória para comprar a vacina xing ling? Deve ser pq ele tem acordo com os chineses para a tal vacina desde agosto de 2019, 3 meses ANTES (???) dos primeiros casos. E aquela ladainha de comprovação científica e ciência acabou? Tá parecendo camelô da ditadura chinesa… Sobre a terrível intimidação dele, no qual ele põe na frente os governadores, os mesmos q tentaram atrapalhar o PR no início da fraudemia (vários sendo visitados pela PF), lógico que o PR vai cag.ar toneladas de coc.ô para ele. A palavra de ordem de Dória agora é empurrar de qualquer jeito a vacina chinesa, dos mesmos crápulas que espalharam essa peste no mundo (ou se omitiram sobre ela). Por fim, percebe-se que o governo de Dória sobrevive por aparelhos. Jogando o PSDB ladeira abaixo, emparedado pelo MP, com bens bloqueados, economia em frangalhos devido ao fechamento esquizofrênico que hoje revela-se um fiasco, lixo atômico para os candidatos a prefeito, sua única e exclusiva preocupação agora é agradar aos chineses. Sobre a tentativa de se manter fora das cordas na mídia, suas palavras não encobrem o que todo o Brasil viu, a humilhação astrofísica que Bolsonaro lhe causou, saindo de SP, agendando reunião, anunciando o tal protocolo para receber um NÃO que ecoou no mundo inteiro. Em uma tacada só Bolsonaro esculachou a vacina xing ling, humilhou Dória em rede nacional e, por tabela, deu um chute nos chineses. Digam o que disserem, mas uma coisa é certa: Bolsonaro agiu com uma estratégia magistral.

    Responder
    • Doria é o embaixador comercial da China no Brasil!
      Bolsonaro tem razão!
      O STF é uma vergonha!

      Responder
  9. Será que a vacina chinesa é tão boa quanto os carros chineses ????????!!!!!!!!

    Responder
  10. Entristecido e frustrado está o povo brasileiro com a sua escolha de governadores e prefeitos.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter

Colunistas

O império dos sem-voto

Há cada vez mais pessoas que nunca receberam um único voto na vida, e não têm mandato nenhum, dizendo o que o cidadão deve ou não deve fazer

O mal de roupa nova

O Partido Democrata não esconde as intenções: quer mais coletivismo, menos autonomia dos Estados, maior controle exercido pelo Executivo central e intervenção na economia

A nova Torre de Babel

Ao contrário do mito bíblico, a torre atual está sendo edificada com base na confusão proposital das palavras por indivíduos desprovidos de inteligência e coragem

Segundo turno nupcial

“Ué, você tá torcendo pra mim?” / “Não sei. Estou indeciso”

A imprensa morre no escuro

A atividade que já foi chamada de “quarto poder” escorrega perigosamente para a irrelevância

O resgate de Tocqueville

O desprezo pelo cristianismo, tão comum em meios “progressistas”, representa um perigoso afastamento dos pilares norte-americanos

A coerção e o coronavírus

A necessidade de restrições ocasionais não deve abalar os fundamentos do verdadeiro liberalismo, sustentado no “inovismo” e no “adultismo”

Uma nova doença: o vício em desculpas

Poucas figuras públicas têm a força de caráter para se recusar a pedir desculpas aos identitaristas, que gostam de desempenhar o papel de vítimas permanentes

Você não pode perder

A VOZ DAS REDES

Uma seleção de tuítes que nos permitem um olhar instigante do mundo, ajudam a pensar e divertem o espírito

LEIA MAIS

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês