2,5 milhões de acordos para a manutenção de empregos são fechados

Já foram registrados mais de 2,5 milhões de acordos entre empresas e empregados para a redução de salários e jornada, ou a suspensão de contratos em meio a crise causada pelo coronavírus.
-Publicidade-
Medida atende milhares de empregadores e trabalhadores / Marcelo Casal Jr. / Wikimedia Commons
Medida atende milhares de empregadores e trabalhadores / Marcelo Casal Jr. / Wikimedia Commons | redução de jornada e salário

A Medida Provisória nº 936 garante a negociação para redução de salário e jornada em razão da crise ocasionada pelo coronavírus

Carteira de trabalho
Foto: Marcelo Casal Jr. / Wikimedia Commons
-Publicidade-

Em meio à crise causada pelo coronavírus, já foram registrados mais de 2,5 milhões de acordos entre empresas e empregados para a redução de salário e jornada ou a suspensão de contratos. Os trabalhadores receberão um benefício equivalente ao seguro-desemprego a que teriam direito caso fossem demitidos.

Os acordos, individuais ou coletivos, foram processados pela Dataprev. O governo quer colocar para a consulta do público uma espécie de “empregômetro”, para mostrar o número de acordos fechados.

Os acordo individuais valem para aqueles com carteira assinada que ganhem até R$ 3.135,00 ou para aqueles que recebam acima de R$ 12.202,12 e tenham ensino superior. Para os outros trabalhadores, acordos individuais podem acontecer para a redução de 25% da jornada e do salário. E para valores maiores é necessária a negociação coletiva com a participação de um sindicato.

O governo espera que, agora que o Supremo Tribunal Federal assegurou a validade da medida, a MP 936, o número de acordos cresça ainda mais. A equipe econômica prevê que até 73% dos trabalhadores com carteira assinada no país, cerca de 24,5 milhões, receberão o benefício emergencial.

Segundo pesquisa feita pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, os setores de  restaurantes e transporte lideram o número de acordos realizados.

Com informações do Estadão Conteúdo

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site